Os Temperos Funcionais Mais Poderosos para a Saúde

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 5
  •  
    6
    Shares
Os Temperos Funcionais Mais Poderosos para a Saúde

Um desfile de aromas passeia pela cozinha e anuncia a presença dos temperos. De tão especiais, no passado remoto havia quem imaginasse que eles teriam nascido nos jardins do Éden e, daí, foram batizados como especiarias.

Os temperos escolhidos para esta matéria, mais do que realçar as preparações, contêm um mix de substâncias muito interessante.

Que elas estavam ali, nos temperos, ora, disso também já se desconfiava há tempos, já que algo nas especiarias tinha o incrível poder de conservar a comida, atributo que, séculos atrás, motivou guerras e conquistas.

Hoje se sabe que os temperos aqui citados também ajudam a conservar a sua saúde.

Os 7 temperos mais funcionais mais poderosos para a sua saúde

Pimenta

temperos funcionais com Pimenta

Ardida como ela só, a pimenta contém pitadas de betacaroteno, o pigmento que barra estragos nas células com o passar dos anos. Concentra, ainda, minerais como o magnésio e o fósforo, que têm participação fundamental na renovação dos ossos. E oferece pequenas doses de vitamina C.

Com essa reunião de ingredientes, não resta dúvida de que é bastante nutritiva. O.K., em compensação ninguém enche o prato de pimenta. Mas basta um bocadinho para tirar proveito do que a torna realmente única: a capsaicina, substância responsável pelo sabor picante.

Ela é capaz de combater o chamado fator TNF alfa, que estaria por trás de várias inflamações. Por essa razão, tornar as receitas um pouco mais “quentes” pode se
r de grande valia para afastar males como artrite, aterosclerose e outros de fundo inflamatório.

Malagueta, de cheiro, dedo-de-moça, caiena seu sabor picante revela a capsaicina. Para a saúde, aguente firme: quanto mais ardida, melhor

Alecrim

temperos funcionais com Alecrim

Uma de suas maiores benesses é facilitar a digestão. E justamente por isso que não é raro o alecrim perfumar as mesas de restaurantes asiáticos. Mastigá-lo depois das refeições se tornou um hábito no Oriente.

Existem evidências de que seus componentes estimulariam a produção de suco gástrico e, ao mesmo tempo, protegem a mucosa do estômago. Sem contar sua ação antibacteriana.

Todos esses atributos são de responsabilidade de um grupo de compostos de nomes estranhos, caso dos terpenos, dos flavonóides e do ácido rosmarínico. Seus delicados ramos são perfeitos para acompanhar carnes e peixes.

A erva deixa um rastro perfumado em diversos pratos e, de quebra, dá um empurrãozinho na digestão.Tanto faz, no caso, se é fresquinha ou desidratada

Gengibre

temperos funcionais com Gengibre

Estrela na cozinha japonesa, sua adstringência ajuda a neutralizar o sabor residual e outros alimentos em outras palavras, o gengibre limpa o paladar.

Nativo da Ásia, ele é aclamado há muito tempo por suas propriedades contra enjôos. Faz sucesso também por seus poderes digestivos, aliviando gases e outras desordens intestinais. Mais recente, entretanto, é a descoberta de sua ação contra tumores.

Um trabalho realizado na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, por exemplo, aponta substâncias vindas deste alimento como protetoras dos ovários. Na verdade, não faltam pesquisas atestando seu poder de fogo no combate à proliferação de células malignas.

Em sua fórmula, o principal componente é o gingerol, que estaria por trás desse efeito. Para incorporá-lo à mesa, vale incrementar sopas, pudins, molhos e até mesmo sucos.

No verão, experimente salpicar o gengibre ralado sobre o tofu gelado e saladas ou batê-lo com abacaxi. Com melancia também rende um ótimo suco. No inverno, pode temperar carnes, aves e sopas Ou incrementar o seu chá.

Curry

temperos funcionais com Curry

O pó dourado, na receita original da índia, leva mais de 60 ingredientes. Nunca faltam açafrão, pimenta, cúrcuma, gengibre, canela e coentro. Se cada uma dessas especiarias já é uma poderosa arma antioxidante, imagine todas reunidas.

Não à toa, o tempero aparece em trabalhos mundo afora como protetor contra doenças degenerativas, muitos deles enfocando a prevenção daquelas que afetam a cabeça, caso do mal de Alzheimer.

Sem contar investigações que associam seu consumo na dieta do dia-a-dia com um menor risco de câncer.

O tempero indiano faz o maior sucesso entre os cientistas. Seu benefício mais aclamado é a proteção ao cérebro, preservando a memória

Orégano

temperos funcionais com Orégano

Originário da costa mediterrânea, ele foi apelidado pelos gregos como a “alegria das montanhas”. Seu sabor marcante in-natura tende ao amargo, hoje é sempre associado às massas que à pizza. Aliás, o orégano forma mesmo uma deliciosa dupla com o azeite de oliva que nunca falta numa pizzaria.

No meio oleoso seus atributos sensoriais são ainda mais ressaltados e aumenta a eficácia de seus compostos fenólicos, com destaque para os ácidos protocatequínico, cumárico e cafeico. Um trio que chama a atenção por sua atuação contra moléculas por trás do envelhecimento precoce.

As propriedades antioxidantes não são uma exclusividade do orégano fresco. A versão desidratada tem os mesmos poderes. Mas uma coisa é fundamental: guarde a erva em um vidro bem tampado e consuma em quatro meses

Alho

temperos funcionais com alho

O cheiro inconfundível denuncia a presença de seus compostos sulfurosos. Na boca, quando trituramos o alho, enzimas entram em ação e surge a alicina, uma substância que tem se despontado por deixar nossas células mais resistentes, e isso é somente um pouco dos benefícios do alho.

Somada a ela, temos boas doses de potássio e ainda pitadas de zinco, selênio e ajoeno, um componente que dá o toque final à uma fórmula protetora dos vasos sanguíneos, capaz de atenuar a hipertensão arterial.

Mas, para se valer de seus atributos, a dica é consumi-lo cru, e se for demais para você, só acrescentá-lo ao final das preparações para que boa parte dos compostos seja preservada.

Ele é um notório protetor das artérias. Seu único problema é o forte odor. A dica para neutralizá-lo é consumir o alho junto de outras ervas aromáticas, como a hortelã

Salsa

temperos funcionais com Salsa

Graças à sua delicadeza tanto no sabor como na aparência, ela é uma excelente pedida em diversas preparações. Suas folhas inteiras enfeitam canapés e saladas, mas também podem ser picadas e misturadas em receitas de molho, cozidos e sopas, que ganham um leve perfume.

Quem sai ganhando é o sistema imunológico. Isso porque a salsa oferece boas doses de vitamina A e C, uma dupla que interfere na fabricação das células de defesa.

Mas vale avisar: a salsa contém uma substância chamada apiol, que é capaz de provocar contrações no útero. Por essa razão, as gestantes devem tomar muito cuidado ao utilizá-la.

Além de enfeitar as receitas, a salsa contém doses generosas das vitaminas A e C e, por isso, reforça o sistema imune, dando um chega-pra-lá em encrencas, como os resfriados

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não Perca nossos  SORTEIOS , Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e além de participar dos sorteios que estamos preparando, receba nossas atualizações diretamente em seu e-mail :-)
Cadastre-se 
Não perca esta chance!!!
close-link