Semente de Chia, Benefícios, Como Consumir, Como Usar, Qual a Quantidade e com que Alimentos

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 13
  •  
    16
    Shares
Semente de Chia, Benefícios, Como Consumir, Como Usar, Qual a Quantidade e com que Alimentos

A semente de chia agrada todos os gostos, conheça as diferentes formas de consumir chia e descubra seus benefícios para a saúde

A semente de chia apresenta maior teor de proteína quando comparada a outros cereais como o milho, o arroz, a aveia, a cevada e o trigo. Por isso, o consumo desse alimento é capaz de fortalecer o organismo, pois complementa o fornecimento desse nutriente na dieta.

A semente é oriunda do sul do México e está bastante conhecida no nosso mercado devido às suas inúmeras propriedades benéficas à saúde. Está disponível sob a forma de óleo, farinha e grão inteiro, por exemplo. Descubra as características mais marcantes das versões de chia a seguir!

Quais são os benefícios da semente de chia

A chia é rica em fibras, ômega 3, vitaminas, minerais e antioxidantes. Contribui para saciedade, auxilia na melhora do funcionamento intestinal, na regularização das taxas de colesterol e glicose. Auxilia no tratamento e prevenção de doenças como diabetes, doenças cardiovasculares, hipertensão e obesidade.

Para quem quer manter a forma e emagrecer, a semente de chia é uma ótima aliada pois pode lhe trazer muitos benefícios pois contém um teor de fibras considerável (100g de fibras contém 16,6 gramas de fibras) e quanto mais fibras o alimento que você ingerir tiver, por mais tempo você se manter saciado.

A semente de chia por conter muitas fibras ela auxilia no controle da ansiedade e na compulsão alimentar, favorecendo você a controlar o apetite. A semente de chia contém 6x mais cálcio que o leite. Para quem tem intolerância a lactose e não pode consumir o leite, a semente de chia é uma ótima alternativa de fonte de cálcio. A semente de chia tem 3x mais ferro que o espinafre.

A semente de chia possui substâncias poderosas que são antioxidantes, sendo assim ela ajuda bastante quem quer manter a pele mais jovem, sem rugas. Dia após dia nosso corpo sofre com danos externos como a poluição, estresse a má alimentação trazendo os radicais livre, então se você não quer envelhecer rápido use e abuse no consumo de chia.

Como consumir a semente de chia

Como consumir a semente de chia

A recomendação para o uso da chia para quem quer emagrecer é de uma colher de chá meia hora antes do almoço e outra meia hora antes do jantar. Já quem procura seus maravilhosos benefícios para a saúde, basta acrescentá-la na comida diária.

O bom dessa sementinha tão extraordinária é que ela pode ser encontrada em grão, óleo ou farinha. Se for consumi-la em grão, você pode começar no café da manhã, polvilhando a chia no iogurte, coalhada ou na salada de frutas.

No lanche da manhã ou da tarde, misture a semente com suco ou shake. Já nas refeições principais, como o almoço e o jantar, a chia pode enriquecer a omelete, ser salpicada sobre a salada ou ainda polvilhada no arroz, assim que ele ficar pronto Experimente ainda usar a chia no feijão, legumes cozidos.

O mesmo vale para a farinha, que pode ser misturada a sucos, vitaminas, saladas e outros pratos, além de poder ser usada junto com a farinha de trigo para fazer bolos, tortas, biscoitos e tudo o que sua imaginação quiser Já o óleo pode ser misturado ao azeite e utilizado como tempero para saladas.

A única recomendação com o óleo é que ele deve ser conservado em geladeira ou em algum local fresco, longe do calor do sol. Ultrapassar a dose diária recomendada não representa nenhum risco para a saúde, mas vale lembrar que a chia é muito calórica – cerca de 164 calorias por porção – podendo levar ao aumento de peso.

Quais as propriedades da semente de chia

Quais as propriedades da semente de chia

Entre as muitas propriedades da chia, estão:

  • Aumento da resistência imunológica
  • Recuperação de músculos e tecidos
  • Estabilização dos níveis de açúcar no sangue, controlando o diabetes
  • Aumento da saciedade
  • Diminuição dos níveis de colesterol e triglicérides
  • Proteção contra radicais livres
  • Melhora do aspecto da pele e dos cabelos
  • Combate aos processos inflamatórios
  • Desintoxicação do organismo
  • Contribuição na formação óssea
  • Prevenção do envelhecimento precoce

As fibras presentes na semente de chia favorecem o transito intestinal, eliminando as toxinas do corpo

Tais propriedades são resultado dos nutrientes da chia, que contêm altas concentrações de ácidos graxos ômega-3 e é rica em ácido linolênico.

Além disso, segundo a FoodMatters.com, as sementes de chia são ricas em magnésio, potássio, cálcio, zinco, fósforo, cobre, fibras e proteínas de alto valor biológico.

As fibras presentes na chia favorecem o trânsito intestinal, eliminando as toxinas do corpo. Já o cálcio, ajuda a queimar a gordura corporal, enquanto o magnésio reduz a incidência da síndrome metabólica, condição que inclui o acúmulo da gordura abdominal.

O potássio melhora o ritmo de bombeamento do coração e do movimento do corpo, desempenhando um papel essencial para as atividades físicas e para a contração muscular.

A proteína presente na chia é um dos nutrientes mais importantes para que o corpo gere energia, melhora a condição de formação dos músculos e a queima de calorias.

Comparada a outros alimentos, a semente de chia contém:

  • Cinco vezes mais cálcio que o leite
  • Duas vezes mais potássio que a banana
  • Três vezes mais antioxidantes do que a uva
  • Três vezes mais ferro que o espinafre
  • Mais ômega-3 que o salmão ou a linhaça

Qual a quantidade ideal e como consumir a semente de chia no dia a dia

A sugestão de consumo é de 1 a 2 colheres (sopa), ao dia, adicionada a sucos, saladas, sopas, frutas, iogurtes, pães ou outras preparações.

Contraindicações e Riscos de consumir a semente de chia

Consumir a semente de chia exige alguns cuidados antes de ser consumida, pois esta semente pode absorver e expandir até 27 vezes seu peso em água, isso significa que cada uma das pequenas sementes podem ficar grandes dentro do seu esófago.

Se o esófago for impactado pela sementes de chia a extração pode ser muito complicada e seria necessário a intervenção de ferramentas de extração endoscópicas. Em poucas palavras a semente de chia nunca deve ser ingerida a seco, pois quando expandem podem ficar presas no esófago.

Antes de consumir o ideal é deixar as sementes de molho na água entre 30 minutos e 1 hora até que você ao pegar com uma colher, ela tenha se formado um gel.

A semente de chia é Ideal para os vegetarianos

A semente de chia é Ideal para os vegetarianos

Como essas pessoas optaram por não consumir carnes, é preciso reforçar a saúde com alimentos alternativos. Assim, a chia é uma ótima opção para os vegetarianos!

Quem deseja reduzir o consumo de carne vermelha ou excluir o alimento do cardápio deve estar bem atento ao que irá colocar no prato. É preciso consumir fontes proteicas variadas e em quantidades significativas, como frutas, leguminosas, castanhas e grãos, incluindo soja, feijão, grão-de-bico, ervilha e semente de chia.

Como a semente de chia é vendida

Chia in natura

A semente de chia age em nosso organismo proporcionando saciedade e boa saúde intestinal (pelo seu conteúdo de fibras), ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, diabetes e hipertensão arterial (por conter ômega-3) e reduz o efeito prejudicial dos radicais livres, auxiliando na prevenção do envelhecimento precoce e do câncer (por ser fonte de antioxidantes).

Para que serve a semente de chia em grão

Por ser rica em proteína, vitaminas e minerais essenciais, nutri nosso organismo, melhora a disposição, contribui para o sistema imunológico e auxilia na manutenção da saúde óssea.

Visando a sensação de saciedade, aconselha-se o consumo do grão hidratado em água 30 minutos antes da refeição, podendo dividir a porção em duas refeições, como almoço e jantar. Também é possível polvilhar-lo sobre saladas, iogurtes, sucos e outras preparações, como sopas e caldos.

Farinha de chia

Obtida através da moagem das sementes de chia, esse alimento é fonte de fibras (cerca de 98% da sua composição), além de ser rica em magnésio, fósforo, potássio, cálcio e vitaminas do complexo b. Mesmo passando por esse processo, os nutrientes são mantidos.

Vantagens da farinha de chia para o organismo

  • Contribui com o emagrecimento, justamente por ser fonte de fibras e conferir sensação de saciedade por mais tempo
  • Não apresenta restrições de consumo, ou seja, pessoas com alguma intolerância ou alergia alimentar, como os celíacos, podem ingeri-la
  • Ajuda no combate à osteoporose, por ser rica em cálcio e outros nutrientes importantes para a saúde óssea
  • Como apresenta minerais em sua composição (magnésio e potássio, por exemplo), melhora a resposta muscular após exercício físico.

Óleo de chia

Os ácidos graxos ômegas 3 e 6 são preservados nessa versão, no entanto, o teor de fibras fica comprometido. É uma alternativa para temperar a salada ou colocar na sopa. Lembre-se de que, apesar de favorecer a saúde geral, o óleo de chia deve ser consumido com moderação, assim como as suas demais versões.

Cápsulas de chia

Muito mais do que contribuir com o processo de emagrecimento, as cápsulas de chia possui ação antioxidante, que reduz o mau colesterol (ldl) e aumenta o bom (hdl), melhora o sistema imunológico e regula as funções intestinais, combatendo a prisão de ventre.

O indicado é ingerir uma cápsula antes das principais refeições diárias, como café, almoço e jantar-sempre acompanhada de água. Para encontrar esse óleo, basta ir a uma loja de produtos naturais ou acessar um site especializado.

Leite de chia

A semente de chia pode ser usada de várias formas, mas o leite de chia é uma das receitas mais fáceis tanto de preparar quanto de consumir.

Os ingredientes necessários para fazer o leite de chia são encontrados em lojas de alimentos naturais e são excelentes fontes de vitaminas, fibras, antioxidantes, ácidos graxos essenciais e minerais.

De fácil digestão, o leite de chia é rico em ômega-3 e, além de ajudar na digestão, contribui para a conversão de carboidratos em açúcares.

O leite de chia consumido regularmente se transforma numa verdadeira barreira para o estômago, ajudando a diminuir a absorção dos carboidratos e dos açúcares pela corrente sanguínea, prevenindo assim, o diabetes.

Receita de leite de chia

Tempo de preparo: 10 minutos

ingredientes

  • 2 porções de sementes de chia
  • 1 porção de amêndoas picadas
  • 1 porção de xarope de agave
  • 1 porção de baunilha
  • ½ colher (chá) de canela
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de água

modo de preparo

Num processador de alimentos, coloque 1 copo de água, as amêndoas, e as sementes de chia. Bata tudo junto até que fique uma mistura homogênea.

Acrescente a baunilha, o xarope de agave e a canela. Misture tudo e adicione lentamente a água restante. Coloque o leite numa jarra e leve para gelar por, no mínimo, 4 horas.

Veja como combinar a chia com outros alimentos

Veja como combinar a chia com outros alimentos

Quer algumas dicas de alimentos que podem ser misturados sem medo com a semente de chia? Então, concentre-se nas próximas linhas.

Saladas: seja composta apenas por folhas, ou complementadas com algum tipo de carne e legumes variados, as saladas ficam ainda mais ricas nutricionalmente com a inclusão da semente de chia.

Sucos: não importa o sabor, essa bebida fica ainda mais saborosa e nutritiva com a semente entre os ingredientes

Sopas: assim como acontece com os sucos, esse prato quente só tem a ganhar com a semente de chia misturada no modo de preparo.

Tabela com os principais  Nutrientes da Semente de Chia

Tabela Nutricional Quantidade por 100 gramas
Calorias 486
Gorduras Totais 31 g
Gorduras Saturadas 3,3 g
Gorduras Poli-insaturadas 24 g
Gorduras Monoinsaturadas 2,3 g
Gorduras Trans 0,1 g
Colesterol 0 mg
Sódio 16 mg
Potássio 407 mg
Carboidratos 42 g
Fibra Alimentar 34 g
Proteínas 17
Vitamina A 54 IU
Vitamina C 1,6 mg
Cálcio 631 mg
Ferro 7,7 mg
Vitamina B12 0 µg
Magnésio 335 mg

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *