Livre-se do sedentarismo, dê início ao Pilates e conquiste disciplina para exercitar-se em casa

  •  
  •  
  •  
  •  
  • 27
  •  
    27
    Shares
Livre-se do sedentarismo, dê início ao Pilates e conquiste disciplina para exercitar-se em casa

Para começar uma atividade física é preciso foco, caso contrário, é difícil resistir os encantos do sofá. Imagina quando a prática é feita dentro de casa? Assumir um compromisso com o seu instrutor (data/hora) é a maneira mais indicada para ter sucesso e satisfação no pilates em casa. Porém, antes dos primeiros exercícios, é preciso de alguns cuidados, como avaliação médica, um canto apropriado e conhecimento das técnicas. confira! Faça um checkup Assim como qualquer atividade física, antes de iniciar o pilates, é ideal passar por uma avaliação médica para descartar possíveis restrições. Para o profissional, é a anamnese (avaliação física) que vai ajudar a montar uma rotina de exercícios adequada ao tipo físico e às necessidades do aluno. Pessoas com problemas articulares, discopatias, hérnias e hipertensas, em geral, não são impossibilitadas de fazer o exercício, desde que seja guiado pelo médico e por um profissional de Pilates. Existem restrições de movimentos específicos para cada patologia, por isso cabe ao instrutor avaliar o que pode e não pode ser realizado. Ajuda especializada Mesmo optando por fazer o Pilates em casa, é recomendado buscar instrução de um profissional. A presença de um instrutor é importante, pois ele, através de uma avaliação,…

Para começar uma atividade física é preciso foco, caso contrário, é difícil resistir os encantos do sofá. Imagina quando a prática é feita dentro de casa?

Assumir um compromisso com o seu instrutor (data/hora) é a maneira mais indicada para ter sucesso e satisfação no pilates em casa.

Porém, antes dos primeiros exercícios, é preciso de alguns cuidados, como avaliação médica, um canto apropriado e conhecimento das técnicas. confira!

Faça um checkup

Assim como qualquer atividade física, antes de iniciar o pilates, é ideal passar por uma avaliação médica para descartar possíveis restrições.

Para o profissional, é a anamnese (avaliação física) que vai ajudar a montar uma rotina de exercícios adequada ao tipo físico e às necessidades do aluno.

Pessoas com problemas articulares, discopatias, hérnias e hipertensas, em geral, não são impossibilitadas de fazer o exercício, desde que seja guiado pelo médico e por um profissional de Pilates.

Existem restrições de movimentos específicos para cada patologia, por isso cabe ao instrutor avaliar o que pode e não pode ser realizado.

exercícios de pilates

Ajuda especializada

Mesmo optando por fazer o Pilates em casa, é recomendado buscar instrução de um profissional.

A presença de um instrutor é importante, pois ele, através de uma avaliação, irá direcionar as aulas de acordo com os objetivos e necessidades de cada aluno, além de certificar que a execução dos exercícios está correta, evitando assim possíveis lesões e garantindo melhores resultados.

Tome nota – O instrutor também ajuda o aluno a entender a técnica do Pilates e como ela atua no corpo. Concentração, respiração e ativação correta da musculatura abdominal são alguns requisitos a serem observados pelo praticante do método.

Joseph Pilates, criador da técnica, a chamava de ‘contrology’, ou seja, ter consciência e controle sobre os movimentos executados, corpo e mente conectados.

Atenção na respiração

Esse aspecto é muito importante durante uma aula de Pilates, portanto de nada vale dominar as posições sem prestar atenção na forma em como entra e sai o ar.

A respiração combinada funciona da seguinte forma: inspirar pelo nariz e sentir o tórax expandir e expirar (soltar o ar) pela boca, ao mesmo tempo em que contrai o abdômen, de forma bem lenta.

A partir daí todos os exercícios devem ser praticados com essa respiração, referencialmente expirando durante o momento de maior dificuldade do exercício.

Canto sagrado

Depois de dominar os ensinamentos do Pilates, começar a prática em casa se torna mais fácil e segura.

Porém, para garantir a ausência de lesões, é necessário adequar o ambiente. Para que esse local seja seguro, é importante ter um espaço que comporte o aluno deitado em todas as direções para que ele tenha liberdade para a execução de todos os exercícios sem se preocupar em esbarrar em móveis e objetos de decoração da casa.

A profissional ainda recomenda que o local seja arejado, o que oferece maior conforto durante os exercícios. Um colchonete ou superfície macia que evite escorregar é um investimento ideal que possibilita uma prática agradável.

Acessórios complementares tais como bola suíça, rolo, anel mágico, elásticos, entre outros, são interessantes para diversificar os exercícios e podem ser deixados em casa.

Encontre um horário na agenda

Após assegurar-se de que todos os cuidados foram tomados para começar a prática com segurança, é necessário estabelecer uma rotina e evitar que todo o interesse inicial se perca.

Em estúdios, os horários pré-determinados são uma boa garantia para organizar-se. Já em casa, com outras distrações, é importante ter disciplina!

Montar um calendário com tempo, período e exercícios, alarme no celular e alguns aplicativos também podem ajudá-lo a lembrar de que está na hora de praticar.

Não desista na primeira dificuldade, planeje, organize-se e permita-se ter os benefícios da técnica no corpo.

Vale improvisar

Em academias de Pilates existem aparelhos e objetos utilizados para potencializar a atividade. Em casa, é possível transformar elementos da decoração em aliados, porém, certifique-se de que são seguros.

Os móveis de casa também podem ser utilizados para alguns exercícios e posturas de equilíbrio, entretanto devem ser usados com critérios, uma cadeira torta ou inclinada podem causar problemas.

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *