Turbine Sua Dieta com estas Farinhas Emagrecedoras

Turbine Sua Dieta com estas Farinhas Emagrecedoras

Levinhas e funcionais, aproveite o melhor que as Farinhas Emagrecedoras têm a proporcionar e turbine a sua dieta!

Para incluí-las no cardápio, é fácil, basta polvilhar sobre frutas, iogurtes, sopas ou até mesmo adicionar ao preparo de pães, bolos e tortas.

E o melhor de tudo é que as Farinhas Emagrecedoras carregam consigo os principais benefícios dos alimentos dos quais são feitos (linhaça, feijão-branco e banana verde são alguns exemplos). Por isso, a seguir você confere uma seleção das Farinhas Emagrecedoras mais famosas e suas vantagens e, quem sabe, passar a utilizá-las na alimentação.

Aproveite o melhor que as Farinhas Emagrecedoras tem a proporcionar e turbine sua dieta

Turbine Sua Dieta com estas Farinhas Emagrecedoras

Farinha de Arroz

Muito comum na dieta de quem possui intolerância ao glúten a farinha de arroz pode fazer parte de vários preparos: bolos, tortas e pães são algumas opções. Por possuir uma digestão rápida e fácil, é uma excelente alternativa para crianças, idosos ou pessoas que possuem desconfortos gástricos com alguns tipos de alimentos.

Porém, ela esfarela fácil e absorve umidade, portanto, se fizer bolo ou pão, por exemplo, o ideal é misturar com fécula de batata ou de mandioca, pois são mais densas e darão consistência à preparação.

Farinha de Banana Verde

Encontrada nas prateleiras de lojas de produtos naturais, a farinha da banana verde é uma opção para garantir os nutrientes da fruta.

Além disso, essa versão pode estar presente em diversos pratos: polvilhada sobre frutas, sopas, saladas e onde mais lhe agradar. O grande trunfo do alimento é a presença de amido resistente, um tipo de carboidrato que passa de forma intacta pelo intestino delgado, deixando para o intestino grosso substratos benéficos para a flora intestinal.

Farinha de Berinjela

Podendo ser adicionada em diversos pratos, como feijão, salada, leite e até mesmo no iogurte, a farinha de berinjela é sinônimo de praticidade. Com a correria do dia a dia, essa versão pode ser uma excelente escolha para auxiliar no processo de perda de peso.

Graças boa quantidade de fibras, o alimento ajuda a aumentar a sensação de saciedade e impede que o organismo absorva gorduras. A farinha também controla a compulsão por doces, já que evita o pico glicêmico e a queda severa de glicose no sangue.

Além de fibras, a farinha de berinjela contém antocianina, o mesmo antioxidante presente no suco de uva e no vinho, que combate a ação dos radicais livres.

Farinha de Feijão-Branco

O grande trunfo dessa versão está na presença de uma proteína chamada faseolamina, que inibe a absorção de cerca de 20% dos carboidratos ingeridos juntos com ela que colabora para a diminuição das calorias e, consequentemente, do peso.

Outro ponto positivo da farinha é que ela não contém glúten e é rica em fibras, o que auxilia na sensação de saciedade prolongada, além do bom funcionamento intestinal os diabéticos também podem se beneficiar com a farinha de feijão-branco, já que, por inibir a absorção de carboidratos, menor quantidade do nutriente é transformada em glicose, o que evita os picos glicêmicos.

Farinha de Gengibre

Ingrediente clássico da culinária oriental,os benefícios oferecidos pelo gengibre são muitos. Ele é conhecido pela população como um remédio para combater gastrite, náuseas e vômitos, para amenizar sintomas de gripe, e também no tratamento de inflamação, principalmente da garganta.

No entanto, quando se fala em emagrecimento e proteção do organismo, a farinha da raiz é mais lembrada com os mesmos benefícios do gengibre, essa versão acelera o metabolismo, queimando os quilos extras, atua como anti-inflamatória, anticoagulante, antioxidante e bactericida. as propriedades terapêuticas sobre o sistema digestivo também estão presentes na farinha.

Farinha de Linhaça

A grande vantagem da farinha de linhaça é que ela possui as mesmas propriedades benéficas da semente.

Isso porque o alimento é apenas triturado até virar pó e não passa por nenhum processo químico ou adição de ingredientes. Outro trunfo da farinha é a presença de ômega-3, um ácido graxo que tem como função controlar as taxas de colesterol e a pressão arterial, além de reduzir o acúmulo de gordura abdominal.

Estudos mostram que o consumo regular de ômega-3 auxilia da concentração, da memória, do aprendizado, da motivação, do humor e da velocidade de reação, ajuda a neutralizar o estresse a prevenir doenças degenerativas cerebrais como alzheimer e parkinson.

Farinha de Maracujá

O maracujá tem a fama de calmante natural, mas quais são os benefícios da farinha? A farinha de maracujá é rica em pectin uma fração de fibra solúvel encontrada na parte branca da casca da fruta que possui capacidade de reter água, formando géis viscosos que retardam o esvaziamento gástrico e melhoram o trânsito intestinal, eliminando parte da gordura e açúcares consumidos durante a refeição.

A farinha também promove a sensação de saciedade, o que estimula a perda do peso corporal além de estar associada a um risco reduzido de diabetes de doenças cardiovasculares.

Farinha de Quinoa

Pães, bolos, saladas, sopas… são algum opções de receitas para incluir a farinha quinoa no cardápio. Motivos não faltam quinoa é um alimento muito completo, é fonte importante de proteína de alto valor biológico, combinação de aminoácidos de excelente qualidade e possui baixa concentração de carboidrato e de gordura.

Pensa que os benefícios acabam por aí? pelo contrário! a grande quantidade de fibras é outro fator importante, já que favorece a digestão e o trabalho intestinal.

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *