Farinha Seca Barriga, Veja como usar as Farinhas Emagrecedoras a Seu Favor

Farinha Seca Barriga, Veja como usar as Farinhas Emagrecedoras a Seu Favor

As Farinhas Emagrecedoras de diversos alimentos potencializam a perda de peso, além de serem muito nutritivas

Escolher os alimentos certos, evitar frituras e açúcares, beber bastante água e fazer exercícios físicos são algumas das atitudes básicas para quem quer perder os quilinhos extras. E, para ajudar nessa tarefa, a inclusão de Farinhas Emagrecedoras na alimentação faz toda a diferença.

Elas concentram grande quantidade de fibras, fundamentais para o bom trânsito intestinal. Existem diversos tipos, que ainda auxiliam na prevenção de doenças. Cada Farinha Emagrecedora tem sua função. O importante é conhecer cada uma, saber diferenciá-las e incluir na alimentação a que mais se adequá à necessidade de cada indivíduo.

Todas as farinhas podem ser encontrada prontas em supermercados e lojas de produtos naturais, mas prepará-las em casa sai mais barato.

Farinha seca barriga, veja 3 exemplos de farinhas emagrecedoras e como consumi-las

Farinha de berinjela

É a partir da casca do legume que se faz a farinha de berinjela, pois é onde está grande quantidade de antocianinas, substância responsável pela cor roxa da berinjela e outros alimentos, como beterraba e ameixa.

A farinha concentra mais fibras do que o alimento e é antioxidante, combatendo a ação dos radicais livres que contribuem para o envelhecimento precoce e doenças inflamatórias; é ainda fonte de potássio e magnésio, que auxiliam na fixação de cálcio, fundamental para o fortalecimento dos ossos.

Qual a quantidade correta para consumir Farinha de berinjela: 1 colher (sopa), 2 vezes por dia

farinha seca barriga

Farinha de linhaça

A farinha de linhaça mantém as propriedades da semente, como ômegas 3 e 6, que ajudam a controlar o colesterol, e lignanas, que afastam tumores e ameniza sintomas da TPM. Se for preparar em casa, faça pequenas quantidades, pois com o tempo o alimento perde suas propriedades nutricionais.

O ideal é triturar a semente em liquidificador e depois guardá-la na geladeira, para que não sofra o processo de rancificação. A recomendação é que seja armazenada em um recipiente escuro, com tampa, por até três dias. Na versão industrializada, é possível encontrar a farinha desengordurada, porém, com menor teor de nutrientes.

Qual a quantidade correta para consumir Farinha de linhaça: 2 colheres (sopa) por dia.

Farinha de casca de maracujá

Nada de jogar fora a casca da fruta! Por ser fonte de fibras, a farinha do maracujá melhora o trabalho intestinal. Mas o segredo na hora de emagrecer está em uma substância chamada pectina, que age no estômago.

E uma fração de fibra solúvel que tem a capacidade de reter água, formando géis viscosos que retardam o esvaziamento gástrico, ou seja, promovem sensação de saciedade, ajudando no emagrecimento.

O gel ainda atua no intestino eliminando parte das gorduras e dos açúcares ingeridos, o que aumenta o efeito na perda de peso e controla o colesterol e a glicemia no sangue.

Qual a quantidade correta para consumir Farinha de casca de maracujá: 2 colheres (sopa) por dia.

Gostou? Então Compartilhe a Matéria

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome*
E-mail*