Dieta de South Beach, Emagreça Rápido e Não Engorde Nunca Mais

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 2
  •  
    4
    Shares
Dieta de South Beach, Emagreça Rápido e Não Engorde Nunca Mais

A dieta de South Beach foi criada pelo cardiologista Dr. Agatston para combater os problemas cardíacos e a diabetes, mas é considerada uma dieta para emagrecer saudável – um regime alimentar equilibrado que se preocupa com a quantidade de carboidratos e com as gorduras certas para manter um sistema imunológico e um corpo saudável. Desta forma as pessoas podem emagrecer, ficando com uma figura mais bonita e melhorando também a sua saúde e bem-estar.

A dieta de South Beach concentra-se em ensinar as pessoas a comer de forma mais saudável e é relativamente simples. Ela substitui os “carboidratos maus” e as “gorduras más” por “carboidratos bons” e “gorduras boas”.

Carboidratos Bons e Maus

Segundo o Dr. Agatston, os ciclos de fome não são desencadeados pelos carboidratos no geral, mas sim por alimentos ricos em carboidratos que são rapidamente digeridos – criando um pico na glicose no sangue. Estes são os alimentos com muitos açucares e cereais processados que são consumidos em grandes quantidades na dieta moderna. A dieta de South Beach elimina estes carboidratos e substitui-os por alimentos pouco processados como os vegetais, leguminosas e cereais integrais. Os carboidratos só são considerados bons quando têm um índice glicêmico baixo.

Gorduras Boas e Más

Como a dieta de South Beach foi criada por um cardiologista, não é surpresa que ela elimina as gorduras trans e desencoraja o consumo de gordura saturada. Apesar dos alimentos com estas “gorduras más” não contribuírem para aumentar a fome, eles contribuem para o aumento do colesterol LDL e doenças cardíacas. A dieta de South Beach substitui esses alimentos por outros ricos em gordura insaturada e ácidos graxos Omega 3, que contribuem para o aumento do colesterol HDL e outros têm outros benefícios para a saúde. Esta dieta exclui as partes mais gordurosas da carne e substitui por carnes com menos gordura, oleaginosas e peixe gordo.

Exceção da “Oktoberfest”

Além do consumo de pequenas quantidades de vinho tinto, a dieta de South Beach não permite o consumo de bebidas alcoólicas. Mesmo assim, o Dr. Agatson (nascido em Hamburgo) incluiu uma exceção notável, dizendo que é possível beber cerveja à descrição durante a celebração do Oktoberfest, uma festa que ele gosta muito.

Confusão com as Dietas de Baixos Carboidratos

Muitas fontes classificam a dieta de South Beach como uma dieta de baixos carboidratos, como a dieta de Atkins. Apesar de a dieta proibir alimentos com muitos carboidratos simples (pão branco, batatas e arroz branco), esta dieta não obriga a evitar completamente, nem limita a sua ingestão. Em vez disso concentra-se no índice glicêmico. Mesmo na primeira fase existem muitos vegetais que podem ser consumidos.

Alimentos com carboidratos complexos ricos em fibra, como o arroz integral e pão integral, são permitidos na segunda fase. O Dr. Agatston tentou distanciar a dieta de South Beach das outras dietas do carboidrato: “Não quero ensinar uma dieta de baixa gordura ou baixos carboidratos. Eu quero ensinar as pessoas a escolher as gorduras saudáveis e os carboidratos saudáveis”. Além disso, existe uma versão vegetariana da dieta de South Beach, que tem uma quantidade elevada de carboidratos.

Apesar de não existir um perigo na dieta de South Beach, ainda existem alguns recursos e informações incorretas nas revistas, internet e certos livros. Isso faz com que existam interpretações incorretas da dieta que pode levar a problemas.

Existe alguma desinformação e falta de entendimento sobre esta dieta. Muitos recursos abordam o assunto de uma forma sensacionalista, exagerando os sacrifícios, potenciais resultados e perigos. Esta dieta não é das mais fáceis de seguir para quem está habituado a uma alimentação com muitos carboidratos e açúcares e isso dá origem a muitas falácias – mas não torna a dieta perigosa.

Perigos da Dieta de South Beach

Existem pessoas que dizem que a dieta de South Beach é perigosa, essas afirmações são incorretas. Seguir um plano alimentar que evita carboidratos refinados e gorduras trans melhora ou mantém a saúde – para os obesos as melhorias na saúde e a perda de peso são garantidas.

O problema desta dieta é ser restritiva, o que a torna difícil de seguir para quem tem hábitos muito diferentes em das regras da dieta. Nunca houve um obeso que morreu por falta de comida (especialmente seguindo as regras da dieta de South Beach). Se uma pessoa quer emagrecer tem de comer menos e comer menos durante muito tempo. O emagrecimento não aparece por magia. Quem não muda os seus hábitos alimentares não emagrece. Quem toma a decisão de continuar com os hábitos alimentares que degradam a saúde e causam a obesidade, mesmo sabendo que é prejudicial à saúde, não deve responsabilizar a dieta, deve responsabilizar-se a si mesmo – e isso não torna a dieta perigosa… Torna-a difícil de seguir.

A dieta de South Beach pode ser intimidante para alguns obesos – a falta de motivação e a necessidade de um grande esforço e disciplina para se manter na dieta que a tornam difícil. Estas dietas saudáveis torna-se cada vez mais difíceis porque os alimentos altamente processados estão cada vez mais populares e enraizados no nosso quotidiano.

No caso de haver uma desistência ou recaída da dieta, é recomendado voltar à primeira fase. Ao repetir a primeira fase o metabolismo entra rapidamente em modo de queima de gordura e após as duas semanas o dietista sente-se melhor e pode voltar às liberdades da segunda fase.

Um dos pontos mais positivos é que a dieta de South Beach educa os dietistas sobre os alimentos saudáveis que ajudam a evitar problemas cardíacos, colesterol e outros problemas de saúde.

O livro da dieta de South Beach foi publicado em 2003 pelo Dr. Arthur Agatston e foi um best-seller na lista do New York Times durante dois anos. O Dr. Agatston publicou livros mais avançados e começou um site com subscrição mensal e já vende refeições pré-feitas com cardápios da dieta de South Beach.

A filosofia da dieta de South Beach é comer três refeições por dia, com lanches e sobremesas, tudo enquanto evita comidas processadas. O Dr. Agatston afirma que a dieta de South Beach não é uma dieta do carboidrato ou de baixa gordura, mas sim uma dieta de bons carboidratos e gorduras saudáveis.

Fases da Dieta de South Beach

Fases da Dieta de South Beach

A dieta de South Beach está dividida em três fases, cada fase torna-se mais fácil. A primeira fase faz-se durante as primeiras duas semanas da dieta. Eliminam-se todos os açúcares, carboidratos processados, frutas e alguns vegetais com um índice glicêmico alto. O objetivo desta fase é eliminar o ciclo de fome e maximizar a perda de peso.

A segunda fase continua até o dietista atingir o seu peso desejado. São reintroduzidas a maioria das frutas e vegetais e alguns cereais integrais.

A terceira fase é a fase de manutenção, que dura para o resto da vida. Não existe uma lista específica de alimentos permitidos e proibidos. Em vez disso o dietista deve entender os princípios básicos da dieta e deve viver com esses princípios.

Recapitulando, a dieta está dividida em três fases:

  • A primeira fase é muito restritiva tem duas semanas de duração.
  • A segunda fase dá mais liberdade de escolha de alimentos e dura até conseguir atingir o seu peso alvo.
  • A terceira fase é chamada a fase de manutenção, apesar de ter poucas restrições deve seguir para o resto da vida.

Primeira Fase da Dieta de South Beach

Durante a primeira fase pode comer de uma lista de alimentos até estar saciado (não é comer até rebentar, somente até deixar de ter fome). Esta lista de alimentos consiste principalmente em vegetais e carnes magras, incluindo marisco e lacticínios magros ou sem gorduras e legumes.

Amêndoas, manteiga de amendoim e nozes também estão na lista, mas em quantidades limitadas. Basicamente vai deixar de comer pão, arroz, massa, batatas e qualquer tipo de açúcar. O livro da dieta de South Beach afirma que é possível perder 4 a 7 quilos em duas semanas na primeira fase.

Segunda Fase da Dieta de South Beach

A segunda fase diversifica bastante a ementa. Já pode comer pão e massa integral, arroz integral e algumas frutas. Deve continuar a evitar o açúcar, pode comer um pouco de chocolate negro de vez em quando. Os carboidratos saudáveis (com um índice glicêmico mais baixo) estão em alimentos com cereais integrais e legumes. As gorduras saudáveis são não saturadas e não hidrogenadas. Isto quer dizer que pode utilizar azeite!

Terceira Fase da Dieta de South Beach

Quando chegar ao seu objetivo de emagrecimento está por sua conta. A terceira fase deixa você comer segundo as regras das duas fases, pode comer ocasionalmente alimentos com carboidratos “brancos”, mas deve manter uma alimentação saudável e equilibrada, testando o seu corpo para ver o que consegue comer sem engordar. Se voltar a ganhar peso deve voltar a seguir a segunda fase da dieta de South Beach.

Afinal a dieta parece simples não é? O livro da dieta afirma que nem precisa fazer exercício físico para emagrecer, apesar de ser recomendado no seu esforço global para perder gordura.

Desvantagens da Dieta de South Beach

Apesar de o plano alimentar ser saudável esta dieta tem algumas desvantagens.

A primeira fase é muito restritiva. Claro que só dura duas semanas e a perda de peso potencial é muito encorajadora. Ao remover todos os carboidratos refinados e açúcares pode ficar com fraqueza, tonturas, falta de concentração e a cabeça leve e azia. Estes efeitos colaterais são um sinal de desintoxicação e não são problemáticos e o organismo adapta-se com rapidez. Esta fase ajuda as pessoas a aprender a controlar os seus desejos de comida e cria a força mental para seguir as fases seguintes da dieta com menos esforço.

A dieta de South Beach também recomenda que utilize adoçantes para substituir os açúcares. Isso é problemático, pois o Aspartame ou Splenda causam cancro.

Na segunda fase da dieta de South Beach a perda de peso deve desacelerar até à volta de meio quilo a um quilo por semana. Esta perda de peso é ideal, sendo muito mais saudável do que perder peso mais rapidamente. É uma dieta equilibrada que tem bons efeitos na saúde, com a vantagem de queimar gordura e baixar o peso.

Se quer uma dieta para emagrecer planeada, estruturada e baseada em números, a dieta de South Beach não é para si. Mas se gosta da liberdade de não ter de contar calorias ou o peso da comida, usado o senso comum para comer e perder peso, então a dieta de South Beach um plano estratégico em vez de uma dieta rígida, que dá resultados se for bem implementada. Todas as dietas que funcionam têm o mesmo princípio: comer menos calorias do que as utilizadas. Quando queimar mais calorias do que consome, o seu peso vai começar a diminuir. Comer bem e apreciar a comida saudável é uma parte essencial do processo e é ai que a dieta de South Beach mostra as sua vantagem.

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *