Diabetes, Controle e Previna com a Semente de Chia

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 2
  •  
    3
    Shares
Diabetes, Controle e Previna com a Semente de Chia

Você já ouviu falar em diabetes? Essa doença atinge cada vez mais pessoas ao redor do mundo, afetando crianças, idosos, homens e mulheres. Caracterizado pela ausência total ou parcial da produção do hormônio insulina pelo pâncreas, o diabetes pode prejudicar o dia a dia dos portadores.

Por isso, é ideal que as pessoas encontrem maneiras de preveni-lo, sendo que a alimentação é uma das peças-chave para conquistar esse objetivo.

Conheça a doença de diabetes

Diabetes Mellitus é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue (hiperglicemia). Pode ocorrer devido a defeitos na secreção ou na ação do hormônio insulina, que e produzido no pâncreas, pelas chamadas células beta. A função principal da insulina e promover a entrada de glicose para as células do o de forma que ela possa ser aproveitada para as diversas atividades celulares.

A falta da insulina ou um defeito na sua ação resulta, portanto, em acúmulo de glicose no sangue, o que chamamos de hiperglicemia.

Essa doença apresenta várias versões, contudo as mais comuns são diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2

Diabete Tipo 1

Essa forma é resultado da destruição das células beta pancreáticas por um processo imunológico, ou seja, pela formação de anticorpos pelo próprio organismo contra as células, levando a deficiência de insulina. Em geral, costuma acometer crianças e adultos jovens, mas pode ser desencadeado em qualquer faixa etária.

Diabete Tipo 2

Nessa versão de diabetes, está incluída a grande maioria dos casos (cerca de 90% dos pacientes diabéticos). Nesses pacientes, a insulina é produzida pelas células beta pancreáticas, porém, sua ação está dificultada, caracterizando um quadro de resistência insulínica. Isso vai levar a um aumento da produção de insulina para tentar manter a glicose.

Ao contrário do diabetes tipo 1, há geralmente associação com aumento de peso e obesidade, acometendo principalmente adultos a partir dos 50 anos.

O papel da semente de chia contra a doença do diabetes

O papel da semente de chia contra a doença do diabetes

Essa semente tem um importante papel na prevenção ou no controle da doença, já que é rica em fibras, que fazem com que o carboidrato do alimento consumido seja liberado lentamente na corrente sanguínea. Consequentemente, auxilia no controle da glicemia (evita os picos de glicose no sangue depois das refeições).

Qualquer pessoa pode ingeri-la e é importante associar o consumo da semente de chia a uma dieta saudável e a prática de atividade física.

No organismo, a chia é rica em gorduras do tipo ômega-3, que ajudam a prevenir e a combater problemas cardiovasculares, e a controlar os índices de glicemia e de gorduras no sangue.

Veja como consumir a semente de chia

Tem dúvidas em relação a como acrescentar a semente de chia no seu plano alimentar? Pensando nisso, listamos algumas dicas para você acertar no consumo!

  • Inclua 1 colher (sopa) do gel de chia no iogurte desnatado e bata com 1 fruta pequena, como morango ou uva;
  • Adicione a farinha de chia com o gergelim em cima do arroz integral, já cozido, no prato;
  • Acrescente a semente de chia em receitas de pães integrais caseiros ou pães funcionais;
  • Use a chia em hambúrgueres caseiros de carne magra moída.

Conheça outros alimentos que ajudam a combater o diabetes

Além da semente de chia, existem mais alguns alimentos capazes de amenizar os sintomas do diabetes e afastar o risco de seu surgimento. Confira boas opções abaixo:

Legumes

São naturalmente pobres em calorias, e como são ricos em fibras, ajudam na saciedade. Procure comer de 4 a 5 xícaras (chá) por dia.

Frutas

Elas também são fontes de fibras e, principalmente, ricas em antioxidantes que ajudam a proteger contra doenças. Tente consumir de 3 a 4 porções por dia. Prefira a fruta inteira em vez do suco. Muitos dos nutrientes e praticamente toda a fibra eståo na casca, polpa ou semente da fruta.

Grãos (cereais e leguminosas)

São boas fontes de fibra alimentar, o que dá o efeito de saciedade por mais tempo. O ideal é consumir cereal no café da manhã.

Peixe

Boa fonte de proteínas, é um excelente substituto para carnes gordurosas. Além disso, peixes gordurosos são a melhor fonte de ômega-3. Procure consumir peixe ao menos duas vezes por semana. Tipos como salmão, sardinha e atum são os mais ricos em ômega-3.

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *