Combata o Diabetes com Banana Verde Mantendo a Glicemia no Nível Ideal

  •  
  •  
  •  
  •  
  • 8.8K
  •  
    8.8K
    Shares
Combata o Diabetes com Banana Verde Mantendo a Glicemia no Nível Ideal

A banana verde ajuda a manter a glicemia no nível ideal, evitando o desenvolvimento  do diabetes tipo 2. O diabetes pode ser classificado em dois tipos, 1 e 2 No primeiro caso, o pâncreas deixa de produzir insulina — hormônio responsável por converter o açúcar em energia para o corpo – e atinge principalmente crianças e adolescentes.  É um processo autoimune, em que o próprio organismo destrói as células beta do pâncreas, produtoras de insulina.  Por isso, a pessoa necessita tomar várias doses do hormônio por dia para manter sua taxa de açúcar no sangue em níveis adequados. Compreende menos de 10% dos casos de diabetes.  No segundo caso, o pâncreas produz insulina, no entanto, ela não é aproveitada da forma correta pelo organismo. Os fatores mais comuns para o desenvolvimento do diabetes tipo 2 são o sedentarismo e a obesidade.  Em ambos os casos, os cuidados com a alimentação são fundamentais para manter os níveis ideais de glicemia. Para isso, incluir a banana verde nesse processo é uma ótima opção. Confira os motivos:  Banana verde possui muitas fibras e ajuda no combate ao diabetes As fibras presentes na banana verde são responsáveis por diversos benefícios. Em especial para combater…

A banana verde ajuda a manter a glicemia no nível ideal, evitando o desenvolvimento  do diabetes tipo 2.

O diabetes pode ser classificado em dois tipos, 1 e 2

No primeiro caso, o pâncreas deixa de produzir insulina — hormônio responsável por converter o açúcar em energia para o corpo – e atinge principalmente crianças e adolescentes. 

Elimine as toxinas do organismo e emagreça de maneira saudável expulsando a gordura corporal

É um processo autoimune, em que o próprio organismo destrói as células beta do pâncreas, produtoras de insulina. 

Por isso, a pessoa necessita tomar várias doses do hormônio por dia para manter sua taxa de açúcar no sangue em níveis adequados. Compreende menos de 10% dos casos de diabetes. 

No segundo caso, o pâncreas produz insulina, no entanto, ela não é aproveitada da forma correta pelo organismo. Os fatores mais comuns para o desenvolvimento do diabetes tipo 2 são o sedentarismo e a obesidade

Em ambos os casos, os cuidados com a alimentação são fundamentais para manter os níveis ideais de glicemia. Para isso, incluir a banana verde nesse processo é uma ótima opção. Confira os motivos: 

Banana verde possui muitas fibras e ajuda no combate ao diabetes

Banana verde possui muitas fibras e ajuda no combate ao diabetes

As fibras presentes na banana verde são responsáveis por diversos benefícios. Em especial para combater o diabetes tipo 2. Elas regulam a absorção intestinal dos açúcares provenientes dos alimentos, evitando os picos de glicemia no organismo. 

Quando há o excesso de açúcar no sangue, o pâncreas é forçado a liberar maior quantidade de insulina para manter os níveis ideais. Quando isso acontece com frequência, alguns órgãos criam resistência ao hormônio, fator que pode se tornar um gatilho para o desenvolvimento do diabetes tipo 2. 

Além disso, o excesso de insulina no corpo pode se tornar gordura visceral, aquela que se acumula no abdômen e é responsável pelo desenvolvimento de acidente vascular cerebral (AVC). 

Banana verde possui amido resistente e ajuda no combate ao diabetes

Este nutriente é mais um trunfo da banana verde para os diabéticos. Assim como as fibras, o amido resistente não é digerido pelas enzimas da digestão, facilitando a eliminação pelo organismo. 

Nesse processo, ele ajuda a diminuir a absorção de glicose e gorduras pelo organismo, fatores que beneficiam o paciente com diabetes. Além do mais, a substância aumenta a sensação de saciedade, evitando os ataques contínuos à geladeira, ajudando quem quer emagrecer. 

Dica: Para que o amido resistente apresenta todas essas características citadas acima, é necessário que ele seja aquecido ou cozido.  As propriedades químicas são tão ativas em altas temperaturas.  

Tenha hábitos alimentares

Engana-se quem pensa que o diabético deve apenas excluir o açúcar do cartão.  Para controlar a glicemia e evitar como conseqüências da doença, é necessário adotar também uma alimentação equilibrada. 

Os diabéticos, assim como os indivíduos que buscam uma alimentação mais saudável, devem dividir as refeições e se alimentar algumas vezes ao dia. 

Beber bastante água, comer frutas, verduras e legumes, dar preferência a alimentos mais saudáveis, evitar frituras e alimentos gordurosos, abusar dos alimentos ricos em fibras, evitar alimentos ricos em açúcar e fazer atividade física moderada são as principais indicações.  

Fugir de vícios como o consumo de bebidas alcoólicas e o cigarro são outras etapas importantes para se manter saudável.

Quais os níveis ideais de taxa de açúcar?

Para saber se o seu nível de açúcar no sangue está no dia, um exame de glicemia no jejum pode ajudar. O resultado é dado em miligramas de glicose por decilitro de sangue.  

Confira os resultados: 

  • Até 99mg / dl: normal De 100 a 126mg / dl: glicemia em jejum alterado, ou pré-diabetes
  • Acima de 126mg / dl: diabetes, sendo os outros testes para confirmar a suspeita

Alimentos com digestão lenta e baixo índice glicêmico (que liberam glicose lentamente no organismo) têm sido associados como melhor controle do diabetes e banana verde possui esses recursos.

Este post tem 3 Comentários

    • Dietas Resposta

      sim, para quem tem diabetes, ficar de olho nos picos de glicemia é muito importante

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *