Biomassa da Banana Verde, Veja como Fazer, Utilizar e Todos seus Benefícios

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 4
  •  
    4
    Shares
Biomassa da Banana Verde, Veja como Fazer, Utilizar e Todos seus Benefícios

Tópicos da Matéria


Deixe as suas refeições deliciosas, leves e magras usando a Biomassa da Banana Verde e a farinha de banana verde.

Em pó ou pasta! Caso consumir a banana verde seja difícil pelo gostinho que “amarra” a boca, saiba que é possível aproveitar todos os benefícios desse alimento funcional em forma de pasta (Biomassa da Banana Verde) ou como farinha.

Ambas as opções mantêm as propriedades nutricionais da fruta in natura, mas com a vantagem de ter um sabor neutro, podendo ser adicionadas a diversas receitas sem alterar o gosto e ainda promover mais cremosidade, como no caso de pães e bolos. Veja como aprontar as variações desse poderoso alimento.

Emagreça com a biomassa da banana verde

Muito mais saudável do que a sua versão madura, a banana verde, conta pontos a favor do emagrecimento também! Isso porque, o amido resistente (AR), presente em maior quantidade neste estágio da fruta, atua no organismo como uma fibra alimentar, garantindo saci prolongada e regulando o intestino, além de trazer bem-estar (devido à quantidade de triptofano, que produz serotonina).

Mas o melhor é que a Biomassa da Banana Verde oferta todos os benefícios da fruta madura, porém, com menos calorias. A banana verde possui no máximo 2% de açúcares e grande quantidade de amido, que no processo de amadurecimento se transforma quase todo em açúcares (sacarose, glicose e frutose). Se quer dar uma turbinada na dieta, invista nesse alimento!

Veja como fazer biomassa de banana verde com a casca ou a polpa

Veja como fazer biomassa de banana verde com a casca ou a polpa

Como fazer a biomassa de banana verde

É possível preparar diferentes tipos de Biomassa da Banana Verde: apenas com a polpa, a biomassa da fibra (em que se utiliza apenas a casca) e a integral, em que se utiliza a polpa e a casca. Essas três biomassas brutas podem ser transformadas em biomassas especiais com acréscimo de leite ou de água.

Como fazer a biomassa da polpa da banana verde

Lave as bananas verdes com casca, uma a uma, utilizando esponja com água e sabão e enxague bem. Ainda com a casca, coloque-as numa panela de pressão com água fervente até cobri-las, para criar choque térmico, e cozinhe por 20 minutos. Desligue o fogo após os primeiros 8 minutos e deixe que a pressão continue cozinhando as bananas verdes. Espere o vapor escapar naturalmente.

Não force o processo abrindo a panela debaixo da água da torneira, por exemplo. Ao término do cozimento, mantenha as bananas verdes na água quente da panela. Vi aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no liquidificador ou processador até obter uma pasta bem espessa. É importante que a polpa esteja bem quente, para não enfarinhar. O produto que sai do liquidificador é a biomassa bruta da polpa.

Como fazer a biomassa de fibra da banana verde usando a casca da banana verde

Depois de preparada a biomassa de polpa, corte as extremidades das cascas de banana verde que sobraram e coloque-as em uma solução previamente preparada de 1 litro de água com o suco de 2 limões grandes. As cascas deverão permanecer nessa solução por um período mínimo de 30 a 40 minutos.

Depois poderão passar pelo processador. O produto resultante é a biomassa de fibra. Se desejar que ela fique mais encorpada, leve o conteúdo do processador ao fogo até engrossar ao ponto desejado.

Como fazer a biomassa integral da banana verde usando a polpa e a casca da banana verde

Coloque a casca de banana verde em uma vasilha com água com limão para tirar o residual da fervura. Não use vinagre, pois escurece a casca. Coloque a quantidade desejada de biomassa de polpa ainda quentíssima no liquidificador ou processador.

Pelo orifício da tampa vá jogando as cascas de banana verde previamente picadas e tratadas na solução de limão. Bata bem até obter uma pasta espessa, homogênea e esverdeada. Se estiver mole, pode voltar com ela ao fogo para engrossar ao ponto desejado.

Pode congelar! Com a biomassa pronta, se não for utilizar imediatamente, guarde-a em um saco plástico. “Ela dura de 3 a 4 meses no congelador, mas será preciso realizar um reprocessamento” acrescenta Eliane Petean Arena. Conserve na geladeira por até uma semana.

Veja como fazer farinha de banana verde com a casca ou a polpa

Veja como fazer farinha de banana verde com a casca ou a polpa

Como fazer a farinha de banana verde

Uma boa opção para o uso da farinha de banana verde é na substituição da farinha de trigo comum. Além de garantir mais nutrientes à receita, ela contribui com a perda de peso. Nas receitas é melhor substituir a farinha de trigo por metade da quantidade de farinha de banana verde.

Caso prefira consumi-la polvilhada sobre a comida ou misturada a líquidos diversos (inclusive em água), a profissional recomenda ingerir 1 colher (sobremesa) da farinha ao dia e, aos poucos, ir aumentando até chegar 2 colheres (sopa). Mas não se esqueça de ingerir muita água, de 4 a 6 copos por dia, para evitar constipação intestinal (intestino preso).

Como fazer a Farinha de polpa de banana verde

Lave as bananas verdes com casca. Coloque as bananas verdes em uma panela com água fervente e deixe cozinhar por 2 minutos. Retire da água, descasque com cuidado para não se queimar e corte a polpa em tiras. Coloque em uma forma antiaderente e leve para assar até secar e ficar quebradiça, esfarelando na mão, sem queimar. Depois, bata no liquidificador e passe pela peneira fina. Guarde e consuma por até 1 semana.

Como fazer a Farinha de polpa e casca de banana verde

Coloque 12 bananas verdes com casca de molho por 10 minutos em 1 litro de água com 1 colher (sopa) de água sanitária. Em seguida, lave a fruta em água corrente, deixe secar e corte em rodelas. Distribua as bananas verdes em uma forma e leve ao forno até secarem. Depois, bata no liquidificador até obter uma farinha.

O que fazer com a casca da biomassa da banana verde

A casca da banana verde é a parte mais rica em fibras, essenciais para o metabolismo do corpo. Ao mesmo tempo, ainda conserva as propriedades da polpa, ou seja, ajuda a controlar o colesterol, tem baixo índice glicêmico e contém vitaminas e minerais. A casca picada se conserva por mais de 60 dias congelada em vasilhas ou sacos plásticos fechados. Descongeladas, poderão ser refogadas e utilizadas em receitas diversas.

Benefícios da biomassa da banana verde

Benefícios da biomassa da banana verde

Antes de amadurecer a banana verde possui alta concentração de amido resistente cerca de 70%, este composto é importante para a saúde de diversas partes do corpo pois o amido resistente não é digerido pelo organismo e não se transforma em açúcar agindo como a fibra alimentar insolúvel.

O amido é digerido rapidamente transformado em glicose para alimentar as células do corpo produzindo energia, já o amido resistente passa pelo estômago e intestino delgado sem sofrer alterações sendo fermentado somente no intestino grosso.

Rico em potássio, magnésio, ferro, zinco, vitamina A, vitamina C e vitaminas do complexo B a banana verde é um super alimento.

A biomassa da banana verde é ótima para a digestão

Fermentada no intestino grosso a Biomassa da Banana Verde atua como probiótico fornecendo substrato para reconstrução da flora intestinal que garante a saúde do intestino facilitando a digestão, absorção dos nutrientes e auxiliando na diarreia constipação e doenças intestinais, como o câncer do colo porque aumenta o volume e textura das feses acelerando o trânsito intestinal e facilitando a expulsão das fezes.

A biomassa da banana verde aumenta a imunidade

Ao preservar a mucosa intestinal o amido resistente presente na polpa da fruta aumenta a barreira do organismo contra substâncias causadoras de doenças

A biomassa da banana verde diminui a ansiedade e depressão

A Biomassa da Banana Verde contem altas quantidades de triptofano, nutrientes que atuam na produção da serotonina é um hormônio que proporciona bem estar.

A biomassa da banana verde controla a diabetes

A presença do amido resistente na fruta torna a digestão mais lenta e consequentemente auxilia na diminuição da velocidade de liberação de glicose na corrente sanguínea, favorecendo a redução da glicemia, essa resposta reduz o pico de insulina, hormônio responsável por armazenar toda caloria extra sobre forma de gordura localizada.

A biomassa da banana verde não tem glúten

A Biomassa da Banana Verde além de benéfica para os celíacos a biomassa possui um sabor de amido não alterando o sabor dos alimentos, apenas atuando como espessante dando cremosidade.

A biomassa da banana ajuda a emagrecer

O amido resistente ajuda a controlar a fome retardando a digestão mantendo a sociedade e reduzindo o consumo de alimentos nas refeições seguintes.

A biomassa da banana diminui a TPM

O alto teor de magnésio na Biomassa da Banana Verde diminui as cólicas dor de cabeça e a convulsão por doces e sua vitamina B6 ajuda a estimular a produção de serotonina responsável pelo bem-estar. A banana verde também atua no coração, varizes e hemorroidas pois melhora a circulação sanguínea.

Sugestão de receita com biomassa de banana verde

Aprenda esta receita que é repleta de sabor e nutrição para deixar seu cardápio mais completo.

Bolo de biomassa de banana verde e alfarroba

Rendimento: 6 porções l Tempo de preparo: 1h20

ingredientes

  • 5 ovos
  • 5 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 5 colheres (sopa) de alfarroba em pó
  • 1 xícara (chá) de castanha-do-pará picada
  • 3 colheres (sopa) de farinha de arroz
  • 2 colheres (sopa) de fermento em pó químico
  • Margarina e farinha de arroz para untar

biomassa da banana verde

  • 6 bananas verdes

cobertura

  • 4 colheres (sopa) de alfarroba
  • 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 3/4 de xícara (150ml) de leite desnatado

modo de preparo

Para a biomassa, retire as bananas do cacho cortando com uma tesoura, sem abri-las. Coloque em uma panela de pressão, cubra com água e tampe a panela. Leve fogo baixo e cozinhe por 8 minutos, após iniciada a pressão. Com cuidado, retire a pressão, abra a panela e escorra. Deixe amornar, retire a polpa e coloque em um processador bata até formar uma massa homogênea e sem grumos.

Para o bolo, bata no liquidificador a biomassa, os ovos, o açúcar mascavo e a alfarroba. Transfira para uma tigela e misture com uma colher a castanha, a farinha de arroz e o fermento. Transfira para uma forma de buraco no meio de 24cm de diâmetro untada e enfarinhada e leve ao forno médio preaquecido, por 30 minutos ou até que ao enfiar um palito este saia limpo. Deixe esfriar e desenforme.

Para a cobertura, em uma panela, misture os ingredientes e leve ao fogo baixo até derreter a manteiga e encorpar. Regue o bolo e sirva em seguida.

Tabela nutricional da banana

Tabela nutricional Quantidade por 100gramas
Calorias 89
Gorduras Totais 0,3g
Gorduras Saturadas 0,1g
Gorduras Poli insaturadas 0,1g
Gorduras Monoinsaturadas 0g
Colesterol 0mg
Sódio 1mg
Potássio 358mg
Carboidratos 23g
Fibra Alimentar 2,6g
Açúcar 12g
Proteínas 1,1g
Vitamina A 64 IU
Cálcio 5mg
Vitamina D 0 IU
Vitamina B12 0 µg
Vitamina C 8,7mg
Ferro 0,3mg
Vitamina B6 0,4mg
Magnésio 27mg

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *