Alimentos quem Acabam com a Ansiedade Rapidamente

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 9
  •  
    11
    Shares
Alimentos quem Acabam com a Ansiedade Rapidamente

Quando bate a ansiedade, um dos refúgios é a geladeira. E, ao se deparar com guloseimas, as chances de passar dos limites são gigantescas. O saldo final vai pesar na balança. Ficar acima do peso, por sua vez, contribui para o descontrole emocional. É assim gira a roda. Tentar frear os ânimos é a decisão mais acertada e, se o cardápio puder contribuir, melhor.

Alguns ingredientes têm o poder de aliviar as tensões e esfriar a cabeça. Vou apontar os sete mais badalados nesse sentido. Eles devem estar sempre no cardápio de quem vive um período meio agitado. Sozinhos, não operam milagres mas podem ajudar um bocado.

Dica de 7 Alimentos que acabam com a ansiedade rapidamente

Maracujá

Maracujá

Embora as folhas do maracujazeiro concentrem muito mais do seu célebre componente calmante, seu fruto também oferece certa dose. Estou falando da passiflorina, que, inclusive, é utilizada pela indústria farmacêutica na fabricação de remédios. Ela age no sistema nervoso, diminuindo a ansiedade.

A dica para aproveitar cada gota da substância é consumir o próprio maracujá e não o suco, que pode perder parte das propriedades. Para quem não suporta o sabor azedo, dá para acrescentar uma pitada de açúcar, mas sem errar na dose. O melhor é que, além de acalmar, outros nutrientes da fruta combatem a ação de moléculas que devastam nossas células em situações de estresse.

Pistache

Pistache

Em períodos de grandes tensões, é melhor que o organismo esteja bem suprido em relação à vitamina B1. Daí o pistache ser bem vindo nessas situações. O petisco da família das oleaginosas é uma excelente fonte desse nutriente, que é essencial na síntese de neurotransmissores relacionados ao bem-estar.

A vitamina B1, que também recebe o nome de tiamina, participa ainda da conversão de glicose em energia. Quando está em falta, sobra irritabilidade. Beliscar a semente esverdeada garante igualmente doses extras de magnésio, mineral que dá um basta no nervosismo. Só é preciso cautela com as porções. Graças ao elevado teor de gordura, o alimento soma muitas calorias.

Abacate

Abacate

A polpa cremosa é um concentrado de substâncias que trabalham em conjunto e elevam os níveis de glutationa, um poderoso antioxidante presente em nossas células. Quando passamos por momentos de extrema ansiedade, as taxas dessas moléculas tendem a cair, abrindo brechas para encrencas.

Graças à sua rica fórmula, o abacate também é capaz de modular os teores de cortisol em circulação. Esse hormônio é um dos principais agentes por trás do nervosismo e da irritabilidade, contribuindo para botar o coração em risco.

Alface

Alface

Não desperdice nada desta hortaliça. E nem pense em jogar fora os talos. É justamente neles que está maior parte das substâncias que atuam no sistema nervoso. A principal delas é a lactucina, que traz tranqüilidade.

Vale destacar ainda a ótima quantidade de fibras do vegetal. Elas combatem a prisão de ventre, que pode deixar muita gente à beira de um ataque de nervos. Isso mesmo: as paredes intestinais fabricam moléculas relacionadas ao bom humor, desde que tudo funcione direito. Ou você fica… enfezado! Daí a expressão.

Infusão de melissa

Infusão de melissa

Recorrer a uma xícara de chá quentinho é a receita das avós para acalmar. Se for de melissa, é verdade. Conhecida popularmente como erva cidreira, a Melissa officinalis é uma rica mistura de flavonóides de comprovada ação sedativa. Mas é necessário tomar alguns cuidados para assegurar o benefício.

É importante adquirir a erva em estabelecimentos idôneos. Ela deve ser guardada em potes fechados, sem umidade e de preferência longe da luz. Também é aconselhável consumir rapidamente para que seus princípios ativos não se percam.

Sushi de salmão

Sushi de salmão

Só o clima dos restaurantes japoneses já acalma os fås dessa culinária. É o seu caso? Aproveite e peça sushi de salmão. A mistura de arroz com esse peixe é sinônimo de carboidrato com ômega-3. Uma imbatível dupla que, no processo digestivo, se quebra em novas substâncias.

Elas, por sua vez, seguem para o cérebro e lá proporcionam uma inundação de calmaria. A gordura do pescado tem, ainda, uma poderosa ação anti inflamatória, que é muito mais necessária em períodos estressantes para proteger as artérias. Mas não vale estragar tudo ao abusar do molho de soja, que costuma carregar o sódio em excesso e faz a pressão subir.

Amêndoas

Amêndoas

Ela oferece uma porção de nutrientes indispensáveis em períodos tensos. Há desde o zinco, que reforça as defesas, até a vitamina E, protetora das células, passando pelo fósforo, mineral essencial para a produção de energia. Guarda ainda um segredo chamado arginina, uma partícula protéica que promove o relaxamento.

Ressalte-se que, assim como o pistache, que é da mesma família das oleaginosas, a amêndoa fornece consideráveis doses de calorias, então o exagero pode resultar em alterações na balança.

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *