10 Alimentos que Acabam com a Dor de Cabeça, Enxaqueca e Cefaleia

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 20
  •  
    21
    Shares
10 Alimentos que Acabam com a Dor de Cabeça, Enxaqueca e Cefaleia

Salmão e seu poderoso ômega 3 para acabar com a dor de cabeça

Salmão e seu poderoso ômega 3 para acabar com a dor de cabeça - aposte nos alimentos que acabam com a dor de cabeça

Como todo peixe de água fria, essa carne tem altos índices de ácidos graxos essenciais e faz parte da nossa lista dos alimentos que acabam com a dor de cabeça. Dentre eles, destaca-se o ômega-3, um tipo de gordura poli-insaturada que reduz os triglicerídeos séricos (tipos de gordura que circulam no sangue), melhora a função das plaquetas e pode promover uma ligeira redução da hipertensão arterial.

Contra doenças do coração, o ômega-3 tem propriedades conhecidas: a estrutura molecular dos ácidos ômega-3 ajuda a evitar a formação de coágulos sanguíneos na parede arterial e colabora para o aumento do hdl o bom colesterol e para a redução do ldl o mau colesterol.

Para quem sofre com dor de cabeça, essa substância tem papel especial, devido à sua propriedade anti-inflamatória, que ajuda a melhorar as enxaquecas.

O nutriente está presente em alimentos como o azeite de oliva extravirgem, na linhaça e em outros peixes como atum, sardinha e anchova.

O ômega-3 cria uma competição no organismo com o ácido araquidônico, um elemento químico considerado prejudicial para quem tem tendência às cefaleias.

Ele é responsável por uma reação em cascata, que libera substâncias que provocam as dores de cabeça. O ômega-3 diminui o efeito desse ‘inimigo’ na fisiologia do corpo.

Como preparar o salmão para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

É sempre preferível cozinhar o salmão, pois a alta temperatura elimina o risco de uma infecção parasitária.

Mas nem por isso as tão saborosas receitas japonesas que levam o peixe cru devem ser evitadas.

Segundo orientações da anvisa, o prato preparado ou que contenha salmão cru ou mal cozido deve ser precedido de congelamento em uma temperatura de pelo menos -20°c por um período mínimo de sete dias ou -35°c por um período mínimo de 15 horas, condição suficiente para inativar as larvas de qualquer parasita.

É recomendado o consumo de peixes ricos em ômega-3 em pelo menos três refeições semanais

Coenzima q10, um poderoso antioxidante

Alguns tipos de peixes, dentre eles, o salmão, a sardinha e a cavalinha, ainda possuem esse elemento, que tem importante função química.

Ele está presente também em outros alimentos, como o gergelim, o abacate, as nozes e a soja. Mais conhecida pelos rótulos de cosméticos antissinais, a coenzima q10 (coq10) é mesmo um poderoso antioxidante.

No organismo é encontrada nas mitocôndrias, dentro das células, onde é responsável pela produção de energia – sua deficiência gera fadiga e letargia.

Essa enzima melhora a síntese de energia e é um importante antioxidante do cérebro, desintoxicando-o. Por seus atributos, a coq10 é um aliado contra as enxaquecas.

Gengibre, um anti-inflamatório natural que acaba com a dor de cabeça, enxaqueca e Cefaleia

Gengibre, um anti-inflamatório natural que acaba com a dor de cabeça, enxaqueca e Cefaleia - aposte nos alimentos que acabam com a dor de cabeça

Vegetal nativo da Ásia, o gengibre é uma raiz tuberosa usada tanto na culinária quanto na medicina, e se você sofre de enxaqueca aposte no gengibre como um dos alimentos que acabam com a dor de cabeça.

A planta assume múltiplos benefícios terapêuticos: tem ação bactericida, é desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório.

O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.

Tem função anti-inflamatórias, anti-histamínicas e antioxidantes, além de melhorar as náuseas presentes nas enxaquecas.

Para dores de cabeça, o gengibre, por ser anti-inflamatório, inibe a produção de prostaglandinas. Essas são substâncias produzidas quando o organismo passa por algum processo inflamatório, como ocorre com as enxaquecas.

Dentre os valores nutricionais da raiz estão a vitamina B6 e minerais importantes como o potássio, o magnésio e o cobre.

Porém, como o consumo diário da planta é pequeno, essas propriedades tornam-se pouco relevantes. Mas a ação desintoxicante e vasoconstritora é bem mais evidente nesse alimento.

Estudos indicam o consumo de 2 a 4g de gengibre ao dia. Deve ser evitado por gestantes e por quem tem hipertireoidismo cavala

Como preparar o gengibre para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Como é considerado uma especiaria, bastam pequenas quantidades do gengibre em chás, sucos ou preparações culinárias para aromatizar e aguçar as preparações.

Versátil, pode ser usado como tempero, especialmente em saladas, e ainda em pratos com carnes, peixes e sopas.

O consumo de chás e sucos com gengibre é benéfico para as cefaleias, devido ao seu alto poder anti-inflamatório nessas condições.

Também está disponível na versão em pó, mais prática para o uso e com menor ardência, além de compor balas e outros mastigáveis.

Anti-histamínicos para combater a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Eles são responsáveis pela diminuição de prostaglandina que é um hormônio que provoca a sensação de dor.

Alimentos como canela, gengibre, cravo e orégano são boas fontes de anti-histamínicos. Outra novidade: aquele gosto acentuado e marcante do gengibre não é só agradável ao paladar, tem ainda efeitos benéficos.

O responsável por esse toque efervescente da raiz, uma substância chamada gingerol, é também datado de propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, que protegem o organismo de bactérias e fungos.

As ações terapêuticas do gengibre se devem ainda a substâncias medicinais como cafeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

Azeite extravirgem, essencial para amenizar a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Azeite extravirgem, essencial para amenizar a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia - aposte nos alimentos que acabam com a dor de cabeça

Como esse óleo é rico em antioxidantes e vitamina E, é capaz de melhorar a circulação e reduzir a inflamação, sendo altamente benéfico, portanto, aos pacientes com dor de cabeça.

O azeite é responsável por equilibrar os níveis hormonais, sendo assim bastante sugestivo à saúde da mulher.

A gordura monoinsaturada, presente no azeite, ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue (LDL) sem reduzir os de HDL, que é benéfico.

Essa qualidade faz do azeite um redutor do risco de infarto ou AVC, já que o consumo regular desse óleo evita a formação de placas nas paredes dos vasos sanguíneos.

Outro fator importante para a saúde é que o azeite de oliva previne oxidações biológicas, porque é rico em polifenóis, que reduzem a formação de radicais livres.

Os radicais livres são muito nocivos ao organismo pois são responsáveis pelo envelhecimento e pelo aparecimento de doenças degenerativas, como o câncer, por exemplo.

Além disso, é rico em vitamina E e ômega-3, que protegem o organismo. A forma mais indicada para consumir é a frio, como nas saladas, pois seu sabor e suas propriedades se modificam no contato com as altas temperaturas.

E a melhor versão do óleo é o extravirgem, o único tipo não extraído por solventes e obtido por meio da compressão a frio da oliva, o que além do conservar melhor seus compostos ativos, como os polifenóis, ácido oleico.

A acidez não passa de 0,8% e ainda passa por rigorosos testes sensoriais de qualidade.

Os azeites são classificados por suas características de sabor e aroma, resultantes de seu processo de extração. O extravirgem é considerado mais puro, com menor acidez e tem melhores elementos químicos

Como usar o Azeite extravirgem para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Embora tenha muitos benefícios como um dos alimentos que acabam com a dor de cabeça, engana-se quem pensa que o azeite pode ser consumido livremente e em altas doses.

Nessas situações, o alimento pode ter efeito reverso no organismo criando acúmulo de gorduras. O ideal é restringir o seu uso a tempero em pratos e saladas, com a medida de á colher de sopa por refeição.

O Azeite extravirgem tem nutrientes que protege o organismo de muitas doenças

Extraído das azeitonas e da árvore de oliveira, o azeite é usado há mais cinco mil anos. Ao longo dos séculos, foi adotado para usos medicinais, higiene e beleza.

Na forma de alimentação, apresenta propriedades contra diversas contra enfermidades, como:

  • Hipertensão
  • Diabetes
  • Doença biliar
  • Arteriosclerose
  • Trombose
  • E até cânceres

Confere proteção contra perda de memória, aumenta a expectativa de vida, fortalece o sistema imunológico e tem efeito positivo sobre a depressão.

Banana! Boa para o Cérebro, humor e dores de cabeça, cefaleia e enxaqueca

Banana! Boa para o Cérebro, humor e dores de cabeça, cefaleia e enxaqueca - aposte nos alimentos que acabam com a dor de cabeça

Banana é rica em triptofano, um aminoácido essencial utilizado pelo cérebro, juntamente com a vitamina B3, a niacina (ou niacinamida) e o magnésio, para produzir a serotonina, um neurotransmissor importante nos processos bioquímicos do sono e do humor.

Nutrientes favoráveis aos neurotransmissores e à sensação de bem-estar estão diretamente relacionados à melhora dos sintomas da dor de cabeça.

Assim, a banana pode se tornar um preventivo às cefaleias. É interessante ressaltar que, quando presente em outros alimentos, como laticínios, peixe e carne, o triptofano não tem efeito significativo sobre a serotonina.

Isso ocorre porque, nesses itens, ele não é o único aminoácido presente, havendo, assim, uma competição com outros aminoácidos para a absorção pelo corpo.

Ou seja, é justamente o nutriente da banana que apresenta melhores resultados no organismo e pode ser considerado como um dos alimentos que acabam com a dor de cabeça. Como se não bastasse contar com esse poderoso elemento, a fruta ainda é fonte de cálcio e magnésio.

Esses minerais agem em sinergia na contração muscular e nervosa. O magnésio ajuda muito a manter o tônus das veias e o cálcio regula a entrada e saída de nutrientes nas células.

Bananas são frutas muito energéticas, com baixo teor de gordura e ricas em carboidratos, em vitaminas A, B1, B2, C e em vários minerais.

A variedade de tipos, em geral, não altera suas características de modo significativo. Uma curiosidade é que a banana-da-terra, justamente a menos popular e mais utilizada em pratos cozidos ou servida frita é a mais rica em vitaminas A e C.

A polpa da banana possui alta concentração de frutose sacarose amido e glicose componentes que são transformados em energia para o corpo

Como consumir a banana para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Ao natural ou junto a pratos cozidos, a banana guarda suas propriedades. Cai bem em pratos doces e, aos salgados, dá um toque exótico e pitoresco.

Nas sobremesas, evite, porém, os deliciosos doces de banana que abusam de açúcares e complementos calóricos, como leite condensado ou sorvete.

Combinações simples, como aveia granola e iogurte, são boas pedidas para os lanches do dia a dia.

Quantidade ideal para consumir a banana no dia a dia

Recomendado aos portadores de enxaqueca o consumo de dose máxima de banana ao dia é meia porção. Outra indicação é que seja evitada a banana d’água, não indicada para esses casos.

Outros alimentos ricos em triptofano, que podem substituir a banana, são: grão de bico, tâmaras secas, amendoins, peru, abacaxi, abacate, uva e caqui.

Couve, solução com muita clorofila e magnésio para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e Cefaleia

Couve, solução com muita clorofila e magnésio para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e Cefaleia - aposte nos alimentos que acabam com a dor de cabeça

Essa planta da família do repolho possui alta concentração de clorofila e magnésio. Com esses nutrientes, torna-se um bom antioxidante, ou seja, possui substâncias capazes de impedir a ação dos radicais livres.

No tocante às cefaleias, sua ação previne enxaqueca e espasmos musculares. O magnésio, encontrado em vegetais folhosos, além de nozes, aveia, arroz integral, pão integral e peixe, é um mineral que promove uma redução do espasmo dos vasos arteriais e um relaxamento da musculatura tensionada.

Outro beneficio da couve é que ela tem reconhecidas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes; também ajuda a fixar o cálcio nos ossos.

Alguns estudos comprovam que a couve tem mais capacidade de realizar a fixação do cálcio nos ossos do que até o próprio leite de vaca.

Esse papel é executado graças aos glicosinolatos, fitoquímicos naturais que, por terem ação desintoxicante, estimulam o organismo a se livrar até mesmo das substâncias cancerígenas, além de fortalecer o sistema imunológico.

O magnésio e a clorofila dessa verdura ainda possuem o potencial de renovar as células do nosso organismo. Possuindo níveis adequados de cálcio e magnésio no organismo, as sinalizações nervosas funcionam de forma mais regular.

A verdura tem mais essa vantagem de rejuvenescer as células. Seus carotenoides e bioflavonoides ajudam a evitar o aparecimento de câncer

Como preparar a couve para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Em pratos quentes, o sabor da couve se ameniza. Mas a verdura pode compor pratos frios.

Em sucos funcionais, também conhecidos como sucos com clorofila, a couve dá um colorido verde, além de sua contribuição nutricional, sem provocar grandes alterações no gosto das outras frutas.

Nessa versão, a couve apresenta a propriedade de desintoxicar o organismo, ajudando a limpar o sistema gástrico e alguns órgãos. É considerada como alimento energético e detox. Acabe com a cefaleia apostando na banana como um dos alimentos que acabam com a dor de cabeça.

Diminua a TPM com o magnésio encontrado na couve

Geralmente, mulheres que apresentam enxaqueca, principalmente a causada pela TPM, têm baixos níveis de magnésio.

Diversas pesquisas científicas sugerem que a baixa do magnésio facilita a vasoconstrição no corpo, ocasionando a enxaqueca.

Este nutriente da couve pode ser encontrado em castanhas, feijões, sementes de abóbora, pistache, alcachofra, abacate, arroz integral, amaranto, folhas verdes, aveia e leguminosas.

Quinoa Alívio imediato para a dor de cabeça, enxaqueca e Cefaleia

Quinoa Alívio imediato para a dor de cabeça, enxaqueca e Cefaleia - aposte nos alimentos que acabam com a dor de cabeça

Poucos alimentos possuem a capacidade de melhorar os atormentadores estados de crises provocadas por cefaleias; em geral, a maioria deles é apenas preventiva.

A quinoa é uma dessas raras exceções e pode ser encarada como um remédio natural e um dos melhores alimentos que acabam com a dor de cabeça. Ela é rica em riboflavina, a vitamina B2, detentora de proteínas completas, isto é, contém todos os nove aminoácidos essenciais que formam as proteínas.

Quinoa é um cereal rico em aminoácidos, sendo assim, esses ajudam na saúde do sistema nervoso central, fazendo com que as sinalizações nervosas funcionem de forma adequada.

A vitamina B2 aumenta ainda a energia das células cerebrais, que costumam se apresentar em baixa nas pessoas com cefaleias.

De acordo com estudos, a quinoa tem resultados comprovados na melhora de crises de enxaqueca. Possui também magnésio, um mineral que ajuda a relaxar os vasos sanguíneos, impedindo a constrição e a dilatação próprias desse tipo de dor de cabeça.

As vantagens dessa sementinha não param por aí, sendo a quinoa uma importante fonte de manganês, ferro, cobre e fósforo, torna-se especialmente eficaz no tratamento e prevenção de enxaquecas, dores de cabeça, diabetes e até aterosclerose.

Boa fonte de triptofano, aminoácido ligado à produção de serotonina, e que favorece a disposição, o bom humor e ajuda a afastar as dores de cabeça

Como consumir a quinoa para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Pouco calórica, fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico (aquele que demora mais para ser digerido), vitaminas, minerais e gordura saudável, a quinoa pode ser consumida sob a forma de semente cozida ou de farinha.

Na primeira versão, fica agradável em saladas, sopas, frutas e leite. Já a farinha de quinoa rende saborosos pães, tortas e bolos.

Conheça mais sobre o grão de quinoa

Olhando, é difícil imaginar que o grãozinho redondo, do tamanho de um gergelim, foi eleito pela Academia de Ciências dos EUA e pela Organização das Nações Unidas (ONU) o alimento vegetal mais completo e perfeito do planeta.

Aliás, de fora do planeta também: a Nasa, agência espacial americana, escolheu a quinoa como uma das bases da alimentação de seus astronautas em vôos de longa duração, por seu extraordinário valor nutritivo.

Plantada há mais de cinco mil anos nos altiplanos da Cordilheira dos Andes, a quinoa era chamada pelos antigos incasde chisiya mama, que em quíchua significa mãe de todos os homens.

O grão, que chegou ao Brasil em 2004, é importado diretamente do deserto Uyuni, nos Andes bolivianos.

O local fica a 3.800 metros acima do nível do mar e, no inverno, a temperatura pode atingir 30 graus negativos.

Castanha de caju tem selênio, combate o colesterol e é desintoxicante e acaba com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Castanha de caju tem selênio, combate o colesterol e é desintoxicante e acaba com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia - aposte nos alimentos que acabam com a dor de cabeça

O selênio combate os radicais livres, desintoxicando o nosso organismo. Está aí a principal arma desse elemento contra a dor de cabeça e pode ser considerada um dos alimentos que acabam com a dor de cabeça.

Mas, para além dessa qualidade a castanha de caju estimula o sistema imunológico, protege o coração, regula a tireoide e aumenta a produção do HDL, o colesterol bom.

Castanha de caju também é rica em magnésio, que evita vasoconstrição e dores de cabeça causadas por essa reação do organismo, tais como a enxaqueca.

Por conter também triptofano, ajuda na formação de serotonina, neurotransmissor relaxante e calmante, outro elemento favorável ao combate das dores.

Também é fonte de zinco, cálcio e magnésio. A castanha tem ótimas quantidades de vitaminas do complexo B e de um aminoácido chamado arginina, que auxilia na circulação sanguínea.

Polivalente, essa semente deliciosa ainda apresenta outros benefícios, é uma semente rica em vitamina E, ácidos graxos poli insaturados (ômega 3 e 6), zinco e selênio.

Além disso tem ação antioxidante, ajuda a combater o mau colesterol (LDL) e protege contra doenças cardiovasculares.

Castanha de caju tem maior concentração de ferro que um bife, esse elemento ajuda a carregar oxigênio pelas células do sangue, evitando fadigas

Como consumir a castanha de caju para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

É recomendado é consumir a castanha apenas assada e sem sal. É importante ainda ler o rótulo das industrializadas, que podem ser fritas, normalmente o caso daquelas que adquirem cor escura.

Em pratos doces ou salgados, o importante é não exagerar na dose, já que as oleaginosas são bem calóricas.

A consumo máximo diário geralmente indicado é de cinco a oito unidades torradas ao dia. Por isso, deve ser dada atenção ao consumo, quando é apresentada como aperitivo.

Uma de suas versões mais saborosas é na composição de mix, com outras castanhas e frutas.

A castanha de caju possui fitoesteróis

Nozes em geral, como a castanha de caju, contêm teores consideráveis de fitoesteróis, que podem inibir a absorção intestinal do colesterol ruim e consequente presença dele no sangue.

A ingestão de 2g de fitoesteróis ao dia reduz o LDL em 10% e, quando esse consumo é associado a uma dieta baixa em gordura saturada e colesterol, a redução pode atingir 20%.

Fora isso, há estudos que indicam a propriedade dos fitoesteróis de reduzir o risco de cânceres de cólon, mama e próstata.

Ovos, não abra mão das vitaminas pois elas podem acabar com suas dores de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Ovos, não abra mão das vitaminas pois elas podem acabar com suas dores de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Mais conhecido como excelente fonte de proteína e pelas altas doses de colesterol, o ovo de galinha comum também pode ser um aliado contra dores de cabeça.

Isso porque é fonte de duas vitaminas que possuem importante ligação com as crises de dor e o funcionamento do cérebro.

A B2, ou riboflavina, aumenta a energia das células cerebrais. O consumo de vitamina B2 tende a causar melhora das crises de dor de cabeça, de acordo com estudos.

Outra vitamina que ajuda a evitar as ocorrências de cefaleia é a B12 presente nos ovos, assim como no atum e nas carnes magras. Não deixe de adicionar o ovo em seu cardápio pois ele é considerado um dos alimentos que acabam com a dor de cabeça.

Essa vitamina evita as alterações de sensibilidade provocadas pela enxaqueca. Pessoas com baixa quantidade de B12 tendem a ter enxaqueca quando são portadoras da manifestação genética que causa essa dor.

Além de ser necessária ao bom funcionamento do sistema nervoso e parte fundamental na formação do sangue, a B12 ainda previne problemas cardíacos AVC (acidente vascular cerebral).

Ademais disso, os ovos são ricos em colina, uma substância atuante no sistema neurológico e cognitivo, podendo auxiliar na manutenção da saúde do sistema nervoso.

De quebra, o ovo ainda traz triptofano, um aminoácido precursor de serotonina, o neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar e redução da ansiedade.

A indicação dos especialistas e que portadores da doença de dor de cabeça e enxaqueca consumam apenas 3 ovos semanalmente

Como consumir ovos para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Ovos devem ser consumidos de maneira equilibrada, já que são calóricos e possuem altas taxas de colesterol – o que não chega a afetar as cefaleias em si, mas não é favorável ao sistema sanguíneo.

A sugestão é que o consumo não seja maior do que um ou dois ovos, três a quatro vezes por semana.

Uma dieta equilibrada para manter a dor de cabeça longe

A enxaqueca é uma doença genética, que se manifesta em seus portadores, sobretudo, pela dilatação e inflamação dos vasos sanguíneos intra e extracranianos, podendo causar crises de dor.

A alimentação não tem poder de cura sobre a doença, mas preventivo além disso, um cardápio errado pode ser um fator deflagrador de dor de cabeça.

Equacionar o funcionamento das atividades cerebrais por meio de exercícios, comportamento e alimentação adequada tende a render efeitos positivos.

Uma dieta equilibrada e funcional é capaz de diminuir as ocorrências de crises de dor, mas o tratamento medicamentoso o acompanhamento de um especialista é fundamental para quem sofre de enxaqueca.

Linhaça 58% do grão é ácido graxo, ganhe energia para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Linhaça 58% do grão é ácido graxo, ganhe energia para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Quimicamente falando, ácidos graxos são formados por cadeias átomos de carbono, ligados a átomos de hidrogênio, tendo um radical ácido em uma de suas extremidades.

Traduzindo as informações científicas para o conhecimento popular, pode-se dizer que esses ácidos são utilizados como forma de energia para o funcionamento de nosso corpo, e quase 40% do total da necessidade diária desses nutrientes são obtidos por meio de alimentação.

Entre os vários tipos de ácidos graxos saturados e não saturados, destaca-se o ômega-3, nutriente que tem um importante papel no organismo, dentre eles produzir colesterol bom e proteger o coração.

A propriedade anti-inflamatória do ômega-3 auxilia na melhora das dores de cabeça, como as enxaquecas, por exemplo.

Dessa forma, a linhaça, um dos alimentos funcionais mais populares da atualidade, e que detém em sua composição 58% de ômega-3, é grande aliada na luta contra as dores.

Grande parte das referências de estudos sobre o assunto cita a linhaça como um alimento com propriedades anti-inflamatórias, graças à alta presença de ômega-3.

Além de energética, a linhaça é rica em fibras e proteína. Por isso, também auxilia no funcionamento do intestino

Como consumir a linhaça para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Bastante difundida e com preço acessível, a linhaça é encontrada em diversas versões de semente ou farinha, e seu óleo, outra de suas versões, é bastante rico em ômega-3.

Se consumida como sementes, deve ser triturada para que a casca resistente não impeça que seus nutrientes sejam digeridos e aproveitados pelo organismo.

Recomenda-se de uma a duas colheres de sopa por dia, devem ser misturadas a sucos, leite, iogurte, frutas, pães e várias receitas.

No mercado, também aparecem pães e bolos produzidos a partir de farinha de linhaça, uma versão em que suas sementes são triturada – essa é uma opção prática para o consumo diário. Flexível e versátil a linhaça é considerada um dos melhores alimentos que acabam com a dor de cabeça.

Exatamente como era na origem

Conforme conta a história, o linho, planta de onde vem a linhaça, é uma herbácea da época da Antiguidade, cultivada pelos homens há 10 mil anos.

Há relatos que datam de 5.000 anos antes de Cristo, na Mesopotâmia. Segundo fontes não oficiais, já foram até encontrados desenhos das sementes no Egito.

Seu uso na culinária e no tratamento medicinal no entanto, é recente; e muitos institutos de pesquisa vêm investigando os poderes da linhaça, inclusive no tratamento de doenças como o câncer.

Como a semente do linho é uma cultura de inverno, no Brasil, o principal produtor é a região noroeste do Rio Grande do Sul.

Gergelim, descubra a ubiquinona, presente nessas sementinhas que acabam com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Gergelim, descubra a ubiquinona, presente nessas sementinhas que acabam com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

A ubiquinona, também conhecida como Coenzima Q10, é um elemento que está presente em praticamente todas as células do organismo, participando dos processos de produção de ATP, ou de energia.

Por ser essencial no trabalho celular, órgãos com maior demanda energética, como o coração, o cérebro, os rins e o fígado, apresentam concentrações mais elevadas de CoQ10, substância do organismo que ajuda a converter os alimentos em energia.

Abundante no gergelim, a ubiquinona é um antioxidante poderoso, capaz de reduzir a quantidade de radicais livres no corpo e fortalecer o organismo.

Nas células do cérebro, a CoQ10 faz uma espécie de desintoxicação.

Além de ser valiosa nutricionalmente a semente de gergelim cumpre a função de um laxante suave, realizando uma lubrificação do intestino e mantendo o equilíbrio funcional.

Cerca de 50% de sua composição vem de gorduras insaturadas, entre elas, a lecitina, que alguns estudos apontam como provedora de efeitos positivos na regulação dos níveis de colesterol e triglicérides no sangue.

A lecitina é também um componente essencial do tecido nervoso e intervém na função das glândulas sexuais. Sementes de gergelim ajudam ainda a realizar melhor absorção de outros nutrientes importantes para as funções do organismo.

Apresenta gorduras insaturadas que favorecem a troca de sinalizações entre as células. Para finalizar elas são fonte de cálcio, um mineral essencial para as transmissões nervosas.

As sementes de gergelim são ricas em manganês, cobre, contém Vitamina B1 e Vitamina E e ainda fitosteróis

Como consumir o gergelim para acabar com a dor de cabeça, enxaqueca e cefaleia

Uma pitada de gergelim em qualquer prato sempre cai bem. Saladas, carnes e até sobremesas combinam com a textura crocante e o sabor delicado dessas sementinhas. Aposte no gergelim como um dos melhores alimentos que acabam com a dor de cabeça.

O sésamo e seus derivados

Sésamo, o outro nome menos popular para o gergelim, também é aplicado para definir as sementinhas, que nascem de uma planta herbácea e de flores brancas, róseas ou vermelhas.

Das sementes, extrai-se um óleo vegetal, que pode ser usado na culinária, como outra base oleosa qualquer.

O tahine, molho árabe, é uma pasta de gergelim que se obtém moendo as sementes e substitui a manteiga e a margarina.

O gersal é um tempero usado na culinária macrobiótica e vegetariana feito a partir de gergelim e sal marinho.

Este post tem 2 Comentários

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não Perca nossos  SORTEIOS , Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e além de participar dos sorteios que estamos preparando, receba nossas atualizações diretamente em seu e-mail :-)
Cadastre-se 
Não perca esta chance!!!
close-link