Os Lácteos que Não podem Faltar no seu Dia a Dia

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 15
  •  
    16
    Shares
Os Lácteos que Não podem Faltar no seu Dia a Dia

Lançar mão de produtos lácteos é a única maneira eficaz de assegurar a saúde dos ossos. Isso graças à disponibilidade de cálcio destes alimentos. Especialistas afirmam que, quanto melhor o investimento no mineral ao longo da vida, maiores as garantias de um futuro tranquilo.

O esqueleto deve acumular a substância de preferência na juventude, já que depois desse período começam as perdas. E continuar repondo cálcio pela alimentação sempre, ao longo da vida inteira.

Todas as sete sugestões desta matéria, óbvio, são cheias do mineral. Mas cada uma delas tem uma peculiaridade a mais…

Dica de 7 lácteos que não podem faltar no seu dia a dia

Leite Desnatado

Leite Desnatado

Ele ocupa um lugar privilegiado o ranking do cálcio, por isso esta na nossa lista dos alimentos Lácteos. Justamente por ser desengordurado, acaba concentrando mais o nutriente. Embora esse mineral seja sempre lembrado quando o assunto é saúde óssea, com justiça, como você já sabe, ele faz muito mais por você.

Estudos mostram sua atuação contra câncer de cólon e a hipertensão. Também é essencial para que o sistema nervoso funcione direito, ajudando a transmitir impulsos nervosos, sem contar que participa das contrações musculares.

Um copo de leite ajuda a alcançar todos esses benefícios e o tipo desnatado é ainda melhor. E que nele não costuma aparecer a gordura saturada, que poderia pôr tudo a perder por estar relacionada com inflamações e outros distúrbios.

A bebida é imbatível em cálcio, mineral que, além de proteger o esqueleto, se revela um defensor do intestino e dos músculos

Mussarela

Mussarela

Ela é o queijo que reúne maior teor de CLA, ou ácido linoléico conjugado. Esse combinado de moléculas chama a atenção de cientistas porque tem sido associado ao combate à obesidade.

Experimentos apontam sua capacidade de aumentar a produção de enzimas que atuam na eliminação de lipídios. Dessa forma, sobra menos gordura para ser armazenada.

Pesquisas revelam ainda sua interferência nos níveis de leptina, o hormônio que regula o apetite. Porém, mesmo que essa atuação seja bem-vinda, não é recomendável comer quilos e quilos de mussarela, é claro.

Afinal, o alimento tem lá suas calorias e o resultado pode ser justamente o contrário. Contente-se com poucas e finas fatias, o que já é o suficiente para que o CLA faça a sua parte na dieta

Algumas poucas fatias deste queijo são suficientes para você tirar vantagem do ácido linoléico conjugado, ou CLA. Essa molécula dá uma força para quem quer emagrecer

Iogurte

Iogurte

Há quem evite o leite por causa da intolerância à lactose, que é o seu açúcar natural. Para que a turma dos intolerantes não fique sem cálcio, a sugestão é optar pelo iogurte. Ao passar pelo processo de fermentação, microrganismos devoram a lactose que deixa a barriga dessa gente desconfortável e estufada.

Bem, o único (e talvez maravilhoso) desafio é selecionar entre os tantos tipos que ocupam as gôndolas dos supermercados.

Existem os que são acrescidos de fibras e trabalham em prol do intestino, há também os enriquecidos com polpa de frutas, os que contêm pitadas extras de vitaminas, além dos desnatados e daqueles em garrafinhas, perfeitos para quem só vive correndo contra o relógio.

Por ter parte da lactose engolida por microorganismos durante o processo de fabricação, o iogurte é uma boa opção para aqueles que não digerem tão bem o leite

Cottage

Cottage

Magro, magro, este queijo, de sabor delicadamente ácido, é a melhor pedida para quem precisa controlar o peso. A consistência cremosa é perfeita para compor um sanduíche ou preparar um molho de salada.

Sua leveza, entretanto, encobre uma maciça concentração de cálcio. Aliás, esse é mais um ponto a favor daqueles que estão com quilos extras, já que esse nutriente tem íntima relação com o emagrecimento.

Ora, ele atua no aproveitamento da insulina, hormônio que entra na regulação do metabolismo. Quando está em excesso na circulação, contribui para o armazenamento de energia na forma de gordura, o que promove o aumento do tecido adiposo.

Em outras palavras, com doses extras de cálcio vindas deste alimento nada, nada calórico, a barriga tende a ir embora mais depressa.

Mesmo light, já que é feito com leite desnatado, o queijo cottage preserva a cremosidade. É excelente pedida para quem está acima do peso. Sua fórmula está cheia de cálcio, nutriente que tem se destacado a luta contra a obesidade

Ricota

Ricota

Ela nasceu pelas mãos dos italianos às margens do Mediterrâneo e é estrela em tortas, panquecas, patês, massas e outras tantas preparações.

Tamanha versatilidade se dá pela soma da textura granulada, do gosto delicado e da ínfima quantidade de sódio. Guarde esta: a ricota está entre os queijos que carregam o menor teor de sal.

E lá se vai o tempo em que só os hipertensos se preocupavam com o assunto. Hoje é sabido que, quanto mais salgada a dieta, maior a lista de vários outros danos à saúde.

Não à toa a Organização Mundial da Saúde inclui o sal entre as substâncias que devem ser reduzidas na dieta.

Ela é bem vinda no cardápio por ser uma opção menos salgada em relação aos outros queijos. Aliás, é justamente por conter pouca quantidade de sal que a ricota se incorpora facilmente a tantas receitas

Leite de cabra

Leite de cabra é um dos vários alimentos Lácteos benéficos a saúde

Seu gosto é mais pronunciado do que o leite de vaca, por isso muitos estranham. O aroma também não é uma verdadeira unanimidade. Entretanto, esse leite guarda um trunfo: sua digestibilidade.

Ele é bem mais fácil de digerir em relação aos outros tipos de leite. Isso se dá graças ao tamanho de suas moléculas de gordura, os ácidos graxos. Aqui, elas são muito menores, o que facilita o trabalho de enzimas do aparelho digestivo.

Isso é um alívio para as pessoas que sofrem com distúrbios intestinais, ou a chamada digestão lenta. Sua rica fórmula conta ainda com doses de vitamina D, um nutriente que ajuda na absorção do cálcio.

A bebida, de fácil digestão, e uma excelente pedida para os que têm problemas intestinais. Também é fonte de vitamina D

Leite fermentado

Leite fermentado é um dos vários alimentos Lácteos benéficos a saúde

Bifidobactérias e lactobacilos tratam-se de duas bactérias probióticas. Elas conseguem a façanha de passar incólumes pelos ácidos do estômago até alcançar o nosso intestino.

Quando se instalam por lá engrossam o exército de microorganismos que garantem a saúde intestinal, afastando males como a diarréia. Por isso mesmo, há uma forte relação entre o consumo de leite fermentado, o maior fornecedor desses bichinhos com o fortalecimento das defesas e a diminuição do risco do câncer de cólon.

Sem dúvida, atributos para ninguém botar defeito e que deixa clara a razão de este produto lácteo estar no eminente time dos alimentos funcionais, ou seja, dos que, além de nutrir, previnem doenças.

Uma coleção de microorganismos benéficos que atuam em prol do intestino e melhoram nosso sistema imunológico habitam os potinhos de leite fermentado

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não Perca nossos  SORTEIOS , Cadastre seu e-mail

Cadastre seu e-mail e além de participar dos sorteios que estamos preparando, receba nossas atualizações diretamente em seu e-mail :-)
Cadastre-se 
Não perca esta chance!!!
close-link