Acabe com a Gordura Abdominal com a Chia

  •  
  •  
  •  
  •  
  • 19
  •  
    19
    Shares
Acabe com a Gordura Abdominal com a Chia

A gordura abdominal tem sido amplamente estudada por médicos e especialistas em obesidade uma vez que já foi comprovado que ela aumenta, e muito, as chances de a pessoa desenvolver problemas cardiovasculares, entre eles o infarto. Isso acontece porque a gordura localizada na região do abdômen possui muitos vasos sanguíneos, tornando a pessoa resistente à insulina, que é o hormônio responsável pela entrada do açúcar na célula. E quando ocorre a resistência à insulina, aumentam as chances de problemas na parede dos vasos sanguíneos Saber se você faz parte do grupo de risco de gordura abdominal aumentada é fácil. Basta pegar uma fita métrica e medir a circunferência da cintura na altura do umbigo. Não aperte a fita, relaxe o abdômen e expire no momento de medir. São consideradas medidas de risco: Homens que apresentarem circunferência maior ou igual a 94 cmMulheres que apresentarem circunferência maior ou igual a 80 cm Para diminuir a circunferência e sair do grupo de risco, é preciso modificar alguns hábitos alimentares, entre eles diminuir a quantidade de carboidratos, praticar atividades físicas, ingerir muita água e manter uma dieta à base de fibras, grãos, verduras, legumes, frutas, folhas e carnes magras. A chia também vem…

A gordura abdominal tem sido amplamente estudada por médicos e especialistas em obesidade uma vez que já foi comprovado que ela aumenta, e muito, as chances de a pessoa desenvolver problemas cardiovasculares, entre eles o infarto.

Isso acontece porque a gordura localizada na região do abdômen possui muitos vasos sanguíneos, tornando a pessoa resistente à insulina, que é o hormônio responsável pela entrada do açúcar na célula.

E quando ocorre a resistência à insulina, aumentam as chances de problemas na parede dos vasos sanguíneos Saber se você faz parte do grupo de risco de gordura abdominal aumentada é fácil.

Basta pegar uma fita métrica e medir a circunferência da cintura na altura do umbigo. Não aperte a fita, relaxe o abdômen e expire no momento de medir.

São consideradas medidas de risco:

  • Homens que apresentarem circunferência maior ou igual a 94 cm
  • Mulheres que apresentarem circunferência maior ou igual a 80 cm

Para diminuir a circunferência e sair do grupo de risco, é preciso modificar alguns hábitos alimentares, entre eles diminuir a quantidade de carboidratos, praticar atividades físicas, ingerir muita água e manter uma dieta à base de fibras, grãos, verduras, legumes, frutas, folhas e carnes magras.

Acabe com a Gordura Abdominal com a Chia

A chia também vem sendo usada com muito sucesso nas dietas que visam diminuir a gordura abdominal, uma vez que a semente é rica em fibras solúveis e insolúveis que, quando entram em contato com a água, formam uma espécie de gelatina que proporciona a sensação de saciedade, além de regular o trânsito intestinal, potencializando a absorção de nutrientes.

Isso ocorre porque a chia umedecida retarda a vontade de comer por ocupar mais espaço no aparelho digestivo.

Além disso, a chia acelera o metabolismo, facilitando a queima de gordura, principalmente na região do abdômen.

A semente de chia também é rica em cálcio, que contribui para eliminar a gordura ingerida. Já o ômega-3 tem ação anti-inflamatória, atuando diretamente no combate ao envelhecimento precoce e à celulite.

Quando o hábito de comer descontroladamente está associado a algum quadro de depressão ou ansiedade, a chia também proporciona resultados excelentes, pois reduz os níveis de alguns transtornos psicológicos.

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *