7 Melhores Alimentos que Aumentam o Bem Estar, Felicidade e o Animo

  • 6
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 8
  •  
    14
    Shares
7 Melhores Alimentos que Aumentam o Bem Estar, Felicidade e o Animo

Não é preciso ter a sensibilidade de um gourmet para enumerar quantas sensações prazerosas uma refeição traz. Parece bobagem, mas a felicidade pode estar, sim, no prato. Basta lembrar que, em certas ocasiões, uma pequenina barra de chocolate é o suficiente para dispersar a tristeza.

Simples assim. Segundo estudiosos ingleses do Instituto Food and Mood, buscar o equilíbrio no cardápio é uma atitude valiosa para aplacar a melancolia. Balancear os nutrientes e a quantidade “óbvio” é o segredo para fazer perdurar a alegria.

Dica de 7 alimentos que aumentam a sua felicidade

Rúcula

rúcula estimula a felicidade e o bem estar

Que tal um prato de salada na qual o principal ingrediente seja esta hortaliça, de sabor levemente picante? Saiba que consumi-la crua é a melhor maneira de preservar sua altíssima quantidade de ácido fólico.

Isso porque, quando vai para a panela, até 70% dessa vitamina pode evapora. E ninguém quer perder tamanha preciosidade. Essa integrante do complexo B é um dos caminhos da felicidade. Diversos trabalhos associam a falta do nutriente com a tristeza profunda.

Castanha do pará

castanha do brasil estimula a felicidade e o bem estar

Pouco selênio circulando pelo corpo também deixa o sujeito na maior melancolia. Como você conferiu na matéria sobre os Alimentos Ricos em Nutrientes e Vitaminas que Você Encontra em Abundância, basta uma única castanha para suprir as necessidades diárias desse mineral, que tem muita influência nas alterações de humor.

Esta delícia amazônica eleva os níveis de tirosina no organismo. O nome, pouco familiar, se refere a um aminoácido que participa cérebro relacionadas com a sensação de bem-estar. Mordiscar a oleaginosa, então, só traz alto astral. Ah, mas não esqueça que ela é calórica, por isso contente-se com uma ou duas unidades. São o suficiente para elevar o ânimo.

Café

café estimula a felicidade e o bem estar

Em uma xícara da bebida, existem duas substâncias que atuam contra a tristeza: a cafeína e o ácido clorogênico. A primeira inibe os neurotransmissores relacionados com a apatia – assim, o que resulta é pura excitação. Já a segunda se encaixa em receptores do cérebro que disparam reações de prazer.

Pela potente atuação no sistema nervoso, o exagero nos goles não é uma boa pedida. Cafezinhos além da conta estão por trás de sintomas como insônia, taquicardia e nervosismo. O ideal é saborear no máximo três xícaras do tipo expresso por dia.

Macarrão

macarrão estimula a felicidade e o bem estar

Entre os seguidores de dietas que pregam a restrição de carboidratos, um dos sintomas mais recorrentes é o baixo-astral. Não é à toa. Quem vive sem o nutriente da macarronada acaba com níveis reduzidos de substâncias como a serotonina, que desempenha um papel fundamental no contentamento.

O recado de sempre, não custa repetir, é investir nas massas elaboradas com trigo integral, que, além do carboidrato, oferece pitadas extras de cromo, mineral que auxilia no trabalho da serotonina, o que só potencializa o bom funcionamento do sistema nervoso.

Chocolate

chocolate estimula a felicidade e o bem estar

Em um bombom, é possível encontrar substâncias capazes de elevar a produção de endorfina, serotonina e dopamina. Esse trio de “inas” é pura alegria. E os antigos sacerdotes astecas sabiam disso, tanto que o cacau era oferecido aos deuses para agradá-los.

Os chocólatras também conhecem esses efeitos. Em momentos de tristeza, há quem devore uma caixa de chocolates em segundos. Desculpe a chatice, já que vou bater naquela tecla outra vez: não caia na tentação do exagero. Delicie-se com uma barra pequena. Os nutricionistas sugerem até 30 gramas do tipo amargo por dia.

Grão de bico

grão de bico estimula a felicidade e o bem estar

Não bastasse ser uma ótima fonte de ácido fólico, nutriente que, como você acabou de ver, combate a depressão, o grão de bico contribui com enormes porções de triptofano. Essa substância, que na verdade é um pedacinho de proteína, serve de matéria prima para a fabricação de neurotransmissores da felicidade – o caso da boa e velha serotonina.

A leguminosa oferece ainda uma boa quantidade de carboidrato, o que só colabora para emoções positivas. Para que o alimento faça parte do seu cardápio, experimente-o no lugar do feijão ou ainda em saladas.

Milho

milho estimula a felicidade e o bem estar

Seus grãos são mais uma fonte de compostos que entram na linha de produção de.. adivinhe, sim, da aclamada serotonina. Mas aqui, no caso do milho, quem ajuda na fabricação de neurotransmissores é a vitamina B6. Ele esbanja esse nutriente, que também é fundamental para as células do sistema imunológico.

O bom do cereal é que ele pode entrar no cardápio de quem está lutando com a balança está no grupo de alimentos de baixa densidade energética. Ou seja, aqueles que fazem grandes volumes em poucas calorias, estufando no estômago e matando a fome.

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *