7 Dicas para Emagrecer Definitivamente e não Engordar Nunca Mais

7 Dicas para Emagrecer Definitivamente e não Engordar Nunca Mais

Procurando dicas para emagrecer? Não basta saber como emagrecer, é preciso aprender também como manter o emagrecimento depois de uma dieta.

Nesse artigo você terá argumentos para usar sempre que aquela vontade de sair dos trilhos atacar. São 7 dicas para emagrecer que devem ser seguidas não só durante a dieta, mas também depois de se atingir o peso ideal. Agindo assim, você vai ter resultados reais.

1. Organize seu cardápio antecipadamente

Organize seu cardápio antecipadamente

Pela manhã (ou no dia anterior) faça uma lista dos alimentos que irão compor todas as suas refeições (3 principais e lanches intercalados) do dia seguinte. À medida que você for consumindo as porções, vá riscando o alimento da lista.

Essa é uma ótima forma de aprender como emagrecer. A ideia de fazer um “relatório” de tudo o que se consome durante o dia é da Dieta dos Pontos. Os adeptos dizem que funciona que é uma maravilha.

2. Adote metas realistas para não desanimar

Adote metas realistas para não desanimar

Se você ficar pensando como emagrecer 20 quilos, a coisa fica parecendo impossível. Metas impossíveis desanimam qualquer um. No entanto, vemos quase todos os dias pessoas que conseguiram bater metas tão impossíveis quanto esta. Basta fazer da maneira certa. Estipule uma estratégia de como emagrecer e um prazo realista.

Por exemplo, 10 meses (afinal, você levou anos para agregar todo esse peso extra). Agora divida os 20 quilos por 10 meses e terá uma meta bastante tranquila de 2 quilos por mês, ou 500 gramas por semana. E sejamos sinceros… 10 meses passam muito rápido não é mesmo? É uma forma de pensar como emagrecer seja lá quantos quilos forem, sem se desanimar.

3. Aprender como emagrecer é aprender a se alimentar

Aprender como emagrecer é aprender a se alimentar

Dieta equilibrada não engorda. Então preste atenção nesta, que é uma das principais dicas para emagrecer. Se você está acima do peso, é provável que esteja se alimentando da forma incorreta.

O desequilíbrio ocorre quando utilizamos mais de um grupo de nutrientes do que de outros. Geralmente optamos por alimentos que agradam ao paladar, mas que nem sempre são o que o organismo precisa, como é o caso das gorduras.

Elas fornecem sabor aos alimentos, mas seu consumo deve ser mantido a rédeas curtas. Alguns tipos de gorduras devem ser banidos da sua alimentação, como é o caso das gorduras trans.

4. Faça substituições gradativas

Faça substituições gradativas

Se você está acostumado a comer chocolate de sobremesa, seu corpo vai reclamar quando você o substituir por uma pera ou maçã. Por isso, mude aos poucos. Não tire o chocolate da noite para o dia porque você vai usar a sua vontade de chocolate como desculpa para não aprender como emagrecer.

Comece cortando metade do chocolate e substituindo por metade de uma fruta. Isso demanda um tempo, mas você vai conseguir fazer isso sem dramas. Essa é uma valiosa dica para emagrecer porque vai acostumando seu corpo ao novo alimento aos poucos. Use-a.

5. Estabeleça uma relação amigável com a balança

Estabeleça uma relação amigável com a balança

Quando for o dia de se pesar, pese-se. Não importa se você andou na linha a semana toda ou se você cometeu deslizes. Não é uma boa medida só medir as vitórias. Caso você tenha se descontrolado com uma cumbuca de feijoada é importante se pesar assim mesmo. Por mais que isso cause alguma frustração, você vai entender o que deve ou não deve fazer.

Quando estiver se sentindo triste após subir na balança e o bendito do ponteiro nem se mexer, lembre-se da alegria que sentiu nas semanas anteriores, quando ele marcava quilos a menos. E decida qual o sentimento você vai querer na pesagem da próxima semana. Isso vai dar a você uma força extraordinária.

6. Mexa-se. É uma das mais importantes dicas para emagrecer

Mexa-se. É uma das mais importantes dicas para emagrecer

Essa dica para emagrecer definitivamente não é negociável. Nosso corpo não foi criado para o sedentarismo. É no movimento que ele se sente bem, saudável e feliz. Ainda que isso pareça conversa mole de profissional de saúde, lembre-se de alguma vez que você cedeu aos apelos da razão e resolveu exercitar-se por alguns dias. Lembra como você se sentia após os exercícios?

Aquela sensação de obstáculo vencido; uma euforia gostosa. Viu como tudo isso é a mais pura verdade? Conversa mole é a da sua preguiça tentando te convencer a ficar estatelado no sofá quando tudo o que você mais sonha na sua vida é ter um corpo que lhe renda elogios. Olhe para sua barriga, pernas e braços. E veja o onde a preguiça te levou.

Agora levante-se do sofá e vá se exercitar. Ah, mas está chovendo… – Não é desculpa. Aqui você tem um programa de exercícios para fazer em casa mesmo, em apenas 15 minutos ou menos.

7. Comprometa-se com você mesmo

Comprometa-se com você mesmo

Você está procurando maneiras de como emagrecer, não importa se por motivo de saúde ou de estética. A questão é que se você quer emagrecer é porque não está satisfeito (a) com sua condição atual e quer sair dela o quanto antes.

Dito isso, a última dica para emagrecer é imaginar-se dando um passo para frente e outro para trás. Vê que você estará retornando ao lugar de onde quer sair? Nada te segura ali a não ser você. Se estiver sentindo dificuldades, pense como o Airton Sena: “é vencer ou vencer”. Não se permuta um resultado inferior. E quando tomar sua decisão, comece a andar.

Um passo de cada vez, mas, sempre para frente. Cada passo que você der para trás vai exigir dois para frente para recuperar o prejuízo. É um grande desperdício de energia! Assim, antes de ceder aos encantos da cumbuca de feijoada, pense se o que você deseja, de verdade, é voltar à estaca zero.

Curtiu? Então Comenta!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *